OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



Blog do Professor Walter Vicioni Gonçalves

Educação Básica

Chega de missões impossíveis na educação

Convido à leitura do meu mais novo artigo:

sala-escola-particular-original4-e1468623204586Um dos grandes problemas dos governantes e planejadores de políticas públicas no Brasil é a contínua proposta de projetos grandiosos, inexequíveis ou fadados a serem interrompidos por falta de recursos.  Com irritante repetição, os projetos que conseguem ser implantados não atingem os objetivos e as metas propostas.

Em 1971, a Lei 5.692 implantou a profissionalização compulsória no 2º grau, hoje denominado ensino médio. A oferta das habilitações profissionais era obrigatória e deveria estar atrelada às necessidades do mercado de trabalho.

A lei foi implantada em âmbito nacional, descolada realidade. O educador Durmeval Trigueiro Mendes, ao analisar a elaboração de planos educacionais nos anos 1960 e 1970, conclui que “os tecnocratas misturam facilmente as duas tendências: a de planejar com facilidade e a de impor com facilidade; ou seja, a de formular a ordem e a de torná-la imperativa segundo as exigências de uma racionalidade desembaraçada dos empecilhos do real.”

O resultado da mencionada lei foi a banalização da profissionalização, adaptando as habilitações aos recursos disponíveis, na maioria dos casos sala de aula, giz e lousa. Houve sucessivos remendos à lei, até que outra a substituiu. Continue lendo…

11
fev 2017
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Convido à leitura do meu mais novo artigo:Um dos grandes problemas dos governantes e planejadores de políticas públicas no Brasil é a contínua proposta de projetos grandiosos, inexequíveis ou fadados a serem interrompidos por falta de recursos.  Com irritante repetição, os projetos que conseguem ser implantados não atingem os objetivos e as metas propostas.Em 1971, a Lei 5.692 implantou a profissionalização compulsória no 2º grau, hoje denominado ensino médio. A oferta das habilitações profissionais era obrigatória e deveria estar atrelada às necessidades do mercado de trabalho.A lei foi implantada em âmbito nacional, descolada realidade. O educador Durmeval Trigueiro Mendes, ao analisar a elaboração de planos educacionais nos anos 1960 e 1970, conclui que “os tecnocratas misturam facilmente as duas tendências: a de planejar com facilidade e a de impor com facilidade; ou seja, a de formular a ordem e a de torná-la imperativa segundo as exigências de uma racionalidade desembaraçada dos empecilhos do real.”O resultado da mencionada lei foi a banalização da profissionalização, adaptando as habilitações aos recursos disponíveis, na maioria dos casos sala de aula, giz e lousa. Houve sucessivos remendos à lei, até que outra a substituiu. (mais…)
12
abr 2016
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR

Ministra da Educação da Finlândia visita Escola do SESI da Vila Leopoldina

Finlândia 1

Hoje, 30/03, estivemos com a ministra da Educação e Cultura da Finlândia, Sanni Grahn e sua comitiva, na nossa unidade do SESI-SP da Vila Leopoldina para estreitarmos contatos que possam resultar em acordos de cooperação tecnológica e, principalmente, quanto à formação de professores, proposta que vem ao encontro com a Faculdade SESI de Educação.

O ensino finlandês é uma das referências mundiais em qualidade da educação e se destaca pela igualdade na educação, alta qualificação de professores e por constantemente repensar seu currículo escolar.

30
mar 2016
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Hoje, 30/03, estivemos com a ministra da Educação e Cultura da Finlândia, Sanni Grahn e sua comitiva, na nossa unidade do SESI-SP da Vila Leopoldina para estreitarmos contatos que possam resultar em acordos de cooperação tecnológica e, principalmente, quanto à formação de professores, proposta que vem ao encontro com a Faculdade SESI de Educação.O ensino finlandês é uma das referências mundiais em qualidade da educação e se destaca pela igualdade na educação, alta qualificação de professores e por constantemente repensar seu currículo escolar.

SESI-SP é tetra em torneio nacional de Robótica

Rob

Os alunos do SESI-SP, nossos futuros líderes em Ciência e Tecnologia, conquistaram o tetracampeonato nacional do Torneio de Robótica FLL para o SESI-SP, durante a sétima edição do torneio que foi realizado em Taguatinga, no Distrito Federal, de 18 a 20 de março. Com o feito, a equipe SESI Red Rabbit, de Americana, a grande campeã dessa edição, garantiu a sua vaga na maior competição de robótica do mundo – o FLL World Festival – que será realizada em St. Louis, EUA, em abril. O SESI-SP também conquistou o segundo e o terceiro lugares, no mesmo torneio, com as equipes SESI Jedi’s, de Jundiaí, e SESI Mega Snakes, de Boituva.

21
mar 2016
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Os alunos do SESI-SP, nossos futuros líderes em Ciência e Tecnologia, conquistaram o tetracampeonato nacional do Torneio de Robótica FLL para o SESI-SP, durante a sétima edição do torneio que foi realizado em Taguatinga, no Distrito Federal, de 18 a 20 de março. Com o feito, a equipe SESI Red Rabbit, de Americana, a grande campeã dessa edição, garantiu a sua vaga na maior competição de robótica do mundo – o FLL World Festival – que será realizada em St. Louis, EUA, em abril. O SESI-SP também conquistou o segundo e o terceiro lugares, no mesmo torneio, com as equipes SESI Jedi’s, de Jundiaí, e SESI Mega Snakes, de Boituva.

SESI-SP: objetivos sempre à frente

O Brasil vive um momento delicado, mas não é por isso que deixamos de buscar os nossos objetivos. O SESI-SP acredita na sua missão e, principalmente, nas estratégias para cumpri-la.

19
fev 2016
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
O Brasil vive um momento delicado, mas não é por isso que deixamos de buscar os nossos objetivos. O SESI-SP acredita na sua missão e, principalmente, nas estratégias para cumpri-la.

Profissionais da rede de ensino no Saber em Ação 2016

IMG_0973

Mais uma vez juntos no Saber em Ação 2016, demos um passo para a melhoria contínua do nosso papel de educador em favor da educação de nossos alunos. A prática pedagógica, no SESI-SP, ressalta o papel insubstituível do docente para inspirar o aluno e colocá-lo como protagonista de sua própria aprendizagem. A capacitação foi realizada para mais de 6.300 profissionais da rede SESI-SP de ensino.

Sozinhos podemos ir longe, mas juntos podemos ir muito além no cumprimento da nossa missão.

Obrigado a todos pelo empenho.

22
jan 2016
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Mais uma vez juntos no Saber em Ação 2016, demos um passo para a melhoria contínua do nosso papel de educador em favor da educação de nossos alunos. A prática pedagógica, no SESI-SP, ressalta o papel insubstituível do docente para inspirar o aluno e colocá-lo como protagonista de sua própria aprendizagem. A capacitação foi realizada para mais de 6.300 profissionais da rede SESI-SP de ensino.Sozinhos podemos ir longe, mas juntos podemos ir muito além no cumprimento da nossa missão.Obrigado a todos pelo empenho.
18
jan 2016
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR

Vem aí o Saber em Ação 2016

 

saber 1

O SESI-SP acredita na educação como o instrumento mais eficiente de mobilidade social e, por isso, o Saber em Ação 2016 será mais uma oportunidade para  reunir os docentes de toda a rede, a fim de intercambiar experiências educacionais e multiplicar o conhecimento em favor da melhoria constante do fazer pedagógico.

Convido todos vocês para a construção coletiva do SER JUNTOS!

16
jan 2016
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
 O SESI-SP acredita na educação como o instrumento mais eficiente de mobilidade social e, por isso, o Saber em Ação 2016 será mais uma oportunidade para  reunir os docentes de toda a rede, a fim de intercambiar experiências educacionais e multiplicar o conhecimento em favor da melhoria constante do fazer pedagógico.Convido todos vocês para a construção coletiva do SER JUNTOS!

Itaquera terá Complexo Cultural SESI SENAI

Na manhã da quarta-feira, 05 de agosto, na sede da FIESP, foi assinada a escritura de Concessão de Uso do Terreno entre SESI-SP, SENAI-SP e a prefeitura de São Paulo para a construção do Complexo Cultural Itaquera SESI SENAI. O terreno tem mais de 40 mil metros quadrados, onde haverá um teatro para 800 espectadores, espaços para cursos de formação e especialização em artes e cultura, além de um centro de incentivo à matemática e ciências, com midiateca e exposições temporárias. A inciativa integrará cultura e educação à população da zona leste da cidade.

_K3F7681 (2)

5
ago 2015
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Na manhã da quarta-feira, 05 de agosto, na sede da FIESP, foi assinada a escritura de Concessão de Uso do Terreno entre SESI-SP, SENAI-SP e a prefeitura de São Paulo para a construção do Complexo Cultural Itaquera SESI SENAI. O terreno tem mais de 40 mil metros quadrados, onde haverá um teatro para 800 espectadores, espaços para cursos de formação e especialização em artes e cultura, além de um centro de incentivo à matemática e ciências, com midiateca e exposições temporárias. A inciativa integrará cultura e educação à população da zona leste da cidade.

Mangabeira Unger visita SESI e SENAI da Vila Leopoldina

_MG_1511 - 1Hoje, (29/07), quem visitou as nossas escolas do SESI-SP e do SENAI-SP da Vila Leopoldina, foi o ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência, Roberto Mangabeira Unger. Ele conheceu os ambientes de ensino, as instalações esportivas, e considerou exemplares as experiências das nossas entidades de que o fazer e o aprender são aliados.

29
jul 2015
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Hoje, (29/07), quem visitou as nossas escolas do SESI-SP e do SENAI-SP da Vila Leopoldina, foi o ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência, Roberto Mangabeira Unger. Ele conheceu os ambientes de ensino, as instalações esportivas, e considerou exemplares as experiências das nossas entidades de que o fazer e o aprender são aliados.

Sobre

Walter Vicioni é diretor regional do SENAI-SP, superintendente do SESI-SP, diretor da Faculdade SESI-SP de Educação e membro reeleito do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.


Saiba mais sobre
Walter Vicioni Gonçalves

Redes Sociais