OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



Blog do Professor Walter Vicioni Gonçalves

Vamos agora punir a eficiência de sistemas de educação?

Publicado em 23 de setembro de 2015 - 16:48h

Neste texto, compartilho o meu repúdio à proposta do governo federal de cortar 30% da receita direcionada ao Sistema S.  Leiam.

artigo Sistema SHá décadas, estamos lutando para melhorar os sistemas de educação básica no país. Aumento de verba, introdução de novas estratégias de ensino até hoje se revelaram ineficazes como soluções para problemas crônicos. Agora, medidas do governo ameaçam diminuir drasticamente os recursos disponíveis para os sistemas de educação – básica, profissional e continuada – direcionados à formação de trabalhadores e seus filhos. Desconsidera-se a história e o longo processo de evolução desses sistemas e os resultados até hoje alcançados.

No início da década de 1940, estava sendo organizado o SENAI, como uma das condições necessárias para a consolidação da indústria paulista. Os empresários, em especial Roberto Simonsen, reconheciam a importância da formação profissional e da educação continuada. Esse reconhecimento revelava uma posição extremamente arrojada, levando-se em consideração as condições em que então se vivia.

O Brasil de 1940 era rural, com apenas 31% da população vivendo em cidades. A taxa de analfabetismo era 56,8%. No estado de São Paulo, onde o processo de industrialização era mais expressivo, era muito grande o número de imigrantes, que chegavam sem dominar a língua portuguesa e sem ao menos conhecer os costumes locais.

Era uma utopia, um projeto quase impossível, transformar em trabalhador da indústria o jovem que chegava do meio rural e de outros países, sem escolarização e sem conhecer o que era o mundo do trabalho nas cidades.

O governo federal de então e os empresários se uniram e criaram o SENAI. Na ocasião, além da formação profissional, os trabalhadores da indústria recebiam também educação básica, noções de saúde, participação em atividades culturais e de lazer. Após quatro anos, foi criado o SESI, ficando o SENAI direcionado para a formação profissional.

As mesmas missões atribuídas para SENAI e SESI em relação à indústria foram estendidas para SENAC e SESC, no comércio e serviços. E, ao longo do tempo, outras entidades foram criadas, para outros segmentos da economia. Todas foram incluídas no que passou a se denominar “Sistema S”.

Nos últimos 70 anos, por cumprirem suas missões de preparação do trabalhador para a vida e para o trabalho, SESI e SENAI contribuíram efetivamente para a indústria se instalar, crescer, diversificar, propiciar riqueza para São Paulo e para o Brasil. Jovens foram formados, conseguindo empregos na indústria e conquistando os meios para integração social de suas famílias.

O SENAI é reconhecido como um sistema de formação profissional de excelência no Brasil e no exterior. O Sistema SESI-SP de Ensino – Movimento de Aprender já extrapolou as escolas do SESI e hoje já é modelo para muitas redes de ensino municipais.

Uma das condições para o sucesso foi SESI e SENAI terem uma fonte de recursos estável, por meio de uma contribuição estabelecida na Constituição Federal. Com esses recursos, sempre foi possível matricular alunos em cursos de curta e de mais longa duração. No caso da educação básica oferecida pelo SESI-SP, um aluno matricula-se no ensino fundamental em período integral, com duração de nove anos. No caso do ensino técnico e tecnológico, os cursos do SENAI têm duração de dois anos ou mais.

Essa confiança na receita constante e contínua ameaça quebrar-se abruptamente. Ao divulgar uma proposta de corte de 30% da receita direcionada ao Sistema S – em que se incluem SESI e SENAI – como manter compromissos assumidos com alunos?

Como será garantida a preparação de jovens, tão necessária para ingresso no mundo do trabalho? Se a indústria não tiver profissionais neste momento, como fará para recuperar seu espaço na economia brasileira e no comércio internacional?

É tempo de se ter consciência que destruir é fácil, mas reconstruir é extremamente difícil. É tempo de políticos e governantes agirem analisando consequências de suas decisões, a médio e longo prazos. É tempo de o país ter uma política de estado, que fortaleça sistemas de educação que se revelem eficientes e que sejam fundamentais para as pessoas, para a economia, para a sociedade brasileira.

Walter Vicioni Gonçalves 

Diretor Regional do SENAI-SP e Superintendente do SESI-SP

Sobre

Walter Vicioni é diretor regional do SENAI-SP, superintendente do SESI-SP e diretor da Faculdade SESI-SP de Educação. É membro reeleito do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Foi eleito, em 2018, para ocupar a Cadeira nº 36 da Academia Paulista de Educação.


Saiba mais sobre
Walter Vicioni Gonçalves

Redes Sociais

Deixe o seu comentário!

  1. Alberto Carlos Palazzo disse:

    Ótimo texto, Prof. Walter. Que traga a reflexão e bom senso às pessoas encarregadas desta decisão.

  2. Bianca disse:

    Pois é Se Walter, os sistemas SESI/SENAI de ensino formam pessoas conscientes, responsáveis, atuantes, e isso para o governo (seja ele Municipal, Estadual ou Federal) não é vantagem, pois o que desejam são pessoas sem instrução, que se contentam com as “bolsas” da vida e não questionam nada. Assim fica muito mais fácil enganar o povo e contar com o voto garantido na próxima eleição.

  3. Caetano José de Santis Jr. disse:

    Caro Prof. Walter…. a cada uma de suas mensagens que replicamos, recebemos retornos de admiração e apoio pelo equilíbrio e veracidade dos conteúdos. Parabéns e vamos ser juntos nesta luta, contra uma situação contraditória ao “solgan” “Pátria Educadora”.

  4. Cristiane de J.Vianna disse:

    Muito importante o comentário feito pelo Prof. Walter, o Sistema S não pode sofrer as consequências de uma gestão má formulada pelo governo. A quanto tempo o Sistema S vem desenvolvendo crescimento e evolução ao país? Todo esse trabalho não é recente, vem se acumulando de esforços não só do sistema, mas de indústrias e profissionais que propiciaram o desenvolvimento no todo. A educação é primordial para o crescimento do país, é isso que a população espera do governo. O que fazer, não capacitar esses profissionais, não oferecer educação de qualidade para os indústriários, deixar de prestar serviços essenciais a sociedade? Isso não é uma medida para cobrir o buraco financeiro do país. Concordo que é tempo de levantar a cabeça, sacodir a poeira e levar o país adiante, necessitamos de uma estrutura organizacional planejada e eficaz, o Sistema S está aí para isso.
    Cristiane, estudo Pos Graduação – MBA em Gestão Pública
    Agradeço

  5. Jair Carlos Bras disse:

    Prezado Prof. Walter,

    Totalmente “insana” essa proposta do governo.
    Não sabem o que estão fazendo. Estão perdidos !
    Compartilho também o meu repúdio!

    Um forte abraço !

  6. Valeria Regina Nobile Cavalheiro disse:

    Parabéns, professor Valter!
    O seu repúdio é meu também, é nosso.
    Estamos passando por um momento delicado no nosso país. Precisamos unir forças para juntos sairmos vencedores.
    Darwin afirmou: “Não são as espécies mais fortes que sobrevivem, nem as mais inteligentes, e sim as mais suscetíveis a mudanças”!

  7. Apenas quem faz na prática pode falar com autoridade daquilo que a maioria apenas sonha! Parabéns!
    Grande abraço.

  8. Haidê Maria Romero Rosalino disse:

    Faço minhas suas palavras Prof. Walter, esperamos com muita fé, que o bom senso prevaleça nesta estúpida decisão do governo…

  9. Odair Santos disse:

    Lamentável! Veremos um efeito cascata: (1) tira-se verba do sistema S. (2) cai investimento em educação profissional. (3) Menos profissionais qualificados. (4) mais desempregos por falta de qualificação e (5) menos realocação de emprego porque não se tem pessoas qualificadas. Lamentável!

  10. José Luiz Trinchinato disse:

    Prof. Walter, como sempre com muita propriedade, expõe mais uma das faces ocultas, de um projeto que, pretende desestruturar e desconstruir a seriedade do Sistema “S” sob o pretexto de ajudar o país. Mas qual é o verdadeiro caminho? A educação em todos os seus segmentos, e é justamente na educação que dá resultado que querem mexer.
    Parabéns Prof. Walter
    Ótimo artigo.

  11. GILBERTO DOS SANTOS SILVA disse:

    Prezado prof. Walter,

    A população que precisa destes espaços de construção do saber, de formação de identidade profissional e de caracterização social, não pode pagar por erros cometidos por outros. O progresso de uma nação forte, tem como base a educação e a formação de qualidade, princípios básicos do “Sistema S”.
    Estamos juntos na luta!
    Um grande abraço!

  12. Alessandro Perez das Neves disse:

    Professor Walter, este texto fantástico me levou a refletir o quanto o Senai foi importante em meu inicio de carreira profissional, pois realizei diversos cursos na mocidade. Já o SESI hoje é parte de minha vida profissional e familiar, onde trabalho a 12 anos e tenho minha filha que estuda no Centro Educacional do SESI.
    Vamos juntos defender esta bandeira!!

  13. Paulo de Oliveira disse:

    Mais que “insana”, é uma proposta que vem a punir um sistema que há mais de sete décadas vem mantendo a educação básica de qualidade e a profissional no Brasil colocada no topo do mundo, a mercer de uma política arcaica, que não se via no Brasil, nem nos tempos da chamada “ditadura Militar” onde o Estado ditava as ordens, a educação foi tratada dessa forma.
    É injusto pagarmos por corrupção e interesses escrúpulos
    Precisamos lutar para que as autoridades tenha a autoridade de barrar tal “insanidade” pela Educação no Brasil.
    Excelente texto professor Walter.
    Tomara que as autoridades tenham acesso a documento tão relevante.
    Abraços!

  14. Ophir Figueiredo Junior disse:

    Parabens Prof Walter. O repudio ao “confisco” é de toda a “familia” do Sistema “S”. Esta proposta é absurda e demonstra que não avaliaram as consequencias de curto, médio e longo prazo que tal confisco trará à formação de jovens em todo o Brasil

  15. Maria Etelvina disse:

    Ratifico cada palavra do texto.
    Não podemos ficar inertes … Nossa excelência não foi conquistada para depois ser desprezada ou discutida por pessoas que não conhecem verdadeiramente o trabalho destas entidades.
    Vamos à defesa das conquistas!!!
    Abraço,

  16. Carla Aparecida Tavares disse:

    Nós brasileiros de bem, nos sentimos indignados com uma proposta tão inescrupulosa, impensada, insensivel frente a um cenário da nossa educação já fragilizada, tirar recursos de uma instituição que sempre buscou a formação de crianças, jovens e adultos, além de injusto é uma afronta a nós pais que temos nossos filhos matriculados no Sesi e ou Senai, que futuro terão? Ficarão a espera de um milagre… A educação é a base de uma sociedade que visa estabilidade, segurança, qualidade de vida, tudo gera ao redor dessa base, que possamos ser ouvidos, e garantir o futuro das futuras gerações.

  17. Fábio Novaes disse:

    Pior do que um Plano ruim é NÃO terem um Plano. E este é precisamente o quadro que vemos. O governo tenta a todo custo, com base em falácias e estatísticas estranhas, nos convencer de que tem um Plano para reverter o quadro caótico da economia brasileira. Infelizmente, o que vemos é que num clássico complexo de “Robin Hood” eles continuam a financiar bolsas-tudo e congêneres, retirando dinheiro de quem produz (como o SESI-SENAI) e jogando em valas improdutivas. Lamentável que estejamos pagando pela falência do Estado.

  18. Luiz Fernando Gomes disse:

    Mexer no sistema S é um retrocesso muito grande e uma enorme falta de gestao!

  19. Paulo de Oliveira disse:

    Uma proposta sem nexo, que ameaça instituições educacionais que exibem o Brasil no mundo da educação profissional de qualidade.
    Nunca a educação foi tratada de forma degradante.
    Que as autoridades tenham autoridades para barrar tal “insanidade”, e não sejamos “punidos” pela incapacidade de um governo que só pensa tirar do povo, a qualquer custo.
    Não faz tempo: um dia tinhamos tudo e no outro não tinhamos nada.
    O que fizeram com nosso suado e honesto dinheirinho de tantos impostos?
    Parabéns Prof. Walter, excelente reflexão que deve levar à ações.

  20. Miguel Dariani disse:

    Professor Walter, o “desgoverno federal atingiu seu objetivo.
    Conseguiu atingir as únicas instituições de ensino que funcionam neste país. Se o Sistema S for atingido, “eles” realmente vão decretar a “venezuelação” ou o bolivarismo no Brasil, e todos nós vamos ganhar uma bolsa família, e ficará muito mais fácil enganar as pessoas e se perpetuar no poder…Afinal, as pessoas com menor preparo intelectual acreditaram “neles”.
    Ainda bem que pessoas públicas, idoneas e com grande credibilidade e visibilidade, como o senhor e o Dr Paulo Skaf, estão vendo o que querem fazer com a juventude pensante deste país. Depositamos todas as nossas esperanças na enfase e na contundencia das respostas que voces darão ao “desgoverno federal”

  21. Rosangela Gallardo disse:

    Uma dezena de adjetivos não seria suficiente para expressar o absurdo proposto pelo governo. Será que precisaremos apagar as conquistas dos últimos 70 anos para que as coisas mudem? Parabéns pela iniciativa, professor Walter Vicioni. E conte com o nosso apoio.

    • Danilo Santos de Araújo disse:

      Em crise, onde os ajustes feitos atingem direta e indiretamente todos os cidadãos, sem terem como se defender, hoje são os que verdadeiramente sofrem pela imprudência dos nossos governantes, priorizando cortes que caem sobre a saúde, previdência, direitos trabalhistas e não bastando sobre o sistema S.

  22. Ana Maria de S. Vianna Pardini disse:

    Ótimo texto, compartilho meu repúdio.E o governo é do partido dos trabalhadores! Seu papel é investir nos jovens do país que serão os futuros trabalhadores.

  23. Alan Aveiro disse:

    Prezado Prof. Walter Vicioni,
    Este Governo corrupto é uma vergonha, roubaram tanto que agora procuram alguém para pagar o PATO, porque não fazem uma proposta de cortar 10% de todas as verbas de gabinetes de Deputados, Senadores e Ministérios. E por falar em Ministérios hoje estamos com 39 em 2002 tínhamos 21. Será que o país está tão organizado? ou o crime organizado está governando o nosso país?

    http://oglobo.globo.com/brasil/em-dez-anos-total-de-ministerios-quase-dobrou-6760144

    Matéria de 2012 do jornal o Globo

  24. André Luís Martins da Silva disse:

    Repudiamos totalmente e vamos defender as Entidades que são referência para o país.

  25. Marco A. Lourenco disse:

    Parabens sabias palavras!!!

  26. Claudio Manoel dos Santos disse:

    Prezado, Prof. S.R. Walter,

    Ótimas palavras

    O governo não consegue dar uma boa educação, que é de direito da população, mais que tirar o direito das escolas educacional, que é reconhecido como um sistema de formação profissional de excelência no Brasil, e no exterior, e hoje, já é modelo para muitas redes de ensino municipais.
    Agora basta!

  27. Roberto J N dos Santos disse:

    Repudio totalmente e vamos defender as Entidades que são referência para o país.

  28. Ana Maria Ribeiro Dantas disse:

    Prof. Valter, ficou muito claro seu texto para quem ainda não entende sobre o sistema S. Vamos divulgar para todos ! Obrigada pela contribuição
    Abç

  29. Ivonete Pradp disse:

    Ilustre Professor Walter

    Não podemos nos calar diante desse absurdo, diante da incompetência DO Governo Federal

  30. Danilo Santos de Araújo disse:

    Em crise, onde os ajustes feitos atingem direta e indiretamente todos os cidadãos, sem terem como se defender, hoje são os que verdadeiramente sofrem pela imprudência dos nossos governantes, priorizando cortes que caem sobre a saúde, previdência, direitos trabalhistas e não bastando sobre o sistema S.

  31. Ivonete Prado disse:

    Ilustre Professor Walter

    Não podemos nos calar diante desse absurdo, diante da incompetência DO Governo Federal. Deixo registrado meu repúdio e minha prontidão para defesa da nossa entidade

  32. Sandra Mara Issa Nozawa disse:

    Boa noite professor Walter. Trabalho no SESI nº 284- Presidente Prudente há 17 anos e estou perplexa com tamanha insanidade deste governo. Mostro meu repúdio total e acredito que os pais de nossos alunos deveriam ser chamados nesta luta.

  33. Geralda Marta da Silva Martinelli disse:

    Que podemos fazer contra um absurdo desses? Um SISTEMA de ensino que funciona ser penalizado pela incompetência de nossos governantes.

  34. José Fernando dos santos disse:

    Todos estes anos que o Sistema S,como o SENAI e o SESI contribuíram para o Crescimento das pessoas,não pode ser jogado no bueiro,por causa de uma má gestão de um governo incompetente!!

    Prof. Walter precisamos agir,promover uma ação que deixe claro a indignação por esta medida que o Governo Federal quer adotar.

    Estamos juntos!!!!

  35. Daniele Crispim do Amaral disse:

    Todo o nosso apoio Professor! É inadmissível que nossas crianças tenham que “pagar o pato”.
    Chega! É hora de nos mobilizarmos contra ações que prejudicarão ainda mais o nosso país.

  36. Carlos Ortunho Serra disse:

    Prezado Prof. Walter Parabéns pelo texto o qual retrata a razão de ser da nossa querida instituição mantida com apenas 1% da folha da contribuição das industrias, quando comparada com as demais instituições que existem no pais algumas delas recebem cerca de 30% de cada brasileiro que trabalha, estão se desmanchando pela falta de gestão , responsabilidade e incompetência de seus dirigentes. Com urgência temos que dar uma resposta a altura para esse bando de incompetentes,que estão acabando com o pais, conte conosco . Um forte e cordial abraço.

  37. Luís Fernando Lopes disse:

    Pátria educadora não se faz com práticas usurpadoras,lutaremos juntos por tudo já conquistado em nossa missão do SESI/SENAI!

  38. Mario Silva disse:

    Concordo plenamente com as vossas palavras, infelizmente quem está no governo e com essas idéias não deve ter noção alguma do que é esse Sistema e não sabe o quanto prejudicial será para ele, esperamos que façam uma melhor reflexão do assunto, não podemos pagar com nosso sacrifício as dívidas e as negligências dos que não sabem executar seus papéis.
    Grande Abraço Prof. Parabéns pelas belas palavras.

  39. Luiz Fernando Saluti disse:

    Em um mundo globalizado onde a competição extrapola fronteiras geográficas há a necessidade de preparar os brasileiros para essa missão.
    O SENAI trata as pessoas com isonomia. Todos têm a chance de estudar independente da classe social. Por quê cortar essa chance em 30% ?
    Que deus ilumine nossos políticos com farol alto para que possam enxergar um pouco mais a frente.

  40. Fagner Diniz disse:

    Isso é vergonhoso! Querem destruir em segundos o que foi construído em décadas.

  41. Ronie Carlos de Jesus Santos disse:

    Um dia eu sonhei em fazer um curso no SENAI e me qualificar. Mais que isso, a Instituição mudou minha história e estendeu a mão a um sonhador e “desprovido de sorte”.
    Agora o sistema “S” paga por uma corrupção enraizada como um câncer em nossa sociedade?

  42. Marcia Eulalina Prado Benetti disse:

    O que queremos são brasileiros que possam ter conhecimento para poderem fazer valer a nossa nacionalidade , votando e lutando pelos direitos que temos e por uma vida digna…
    Não podemos pagar por essa política que exclui o nosso povo tão sofrido! !!

  43. Renato Machado disse:

    É uma vergonha o que estão querendo fazer com a Educação no nosso país. Espero que o bom senso prevaleça na hora da decisão e que tudo que foi conquistado não seja desprezado.

  44. Pedro Luiz Calliari disse:

    Muito Bom! Esse texto deve chegar às mãos dos governantes desse pais!

  45. André Maduro disse:

    No mesmo ano em que o Senai se notabilizou pela conquista do 1º lugar na World Skills 2015, recebe do Governo Federal a imposição de redução drástica de sua receita em 30%, em plena crise!
    Se isto for discutido em países civilizados, ninguém acredita. Realmente concordo com o Prof Walter, muito ruim a decisão do governo, afeta a sociedade brasileira.

  46. Reinaldo Rodrigues disse:

    Lamentável. Há tanta insensatez nesta proposta, que é inadmissível que ela seja vista como uma “solução”, quando ela mais me parece uma insanidade.
    Cito aqui Rui Barbosa: “A espada não é a ordem, mas a opressão; não é a tranqüilidade, mas o terror, não é a disciplina, mas a anarquia, não é a moralidade, mas a corrupção, não é a economia mas a bancarrota.”

  47. Alex Sandro Moreno disse:

    Excelente explanação professor. Precisamos defender com unhas e dentes nossa instituição, tão importante na formação de tantos cidadão há décadas. Unidos somos mais fortes. Unidos pelo Sistema “S”.

  48. Matheus Oliveira Santos disse:

    Professor Walter Vicioni,

    Parabéns pelo texto. Nossos governantes precisam respeitar tudo que historicamente foi construído no SESI e SENAI.
    Estamos todos unidos contra esta medida, que afetará, em muito, os programas de educação básica, técnica, de esporte, de cultura e de saúde.

  49. Professor Walter,
    Estamos juntos nesta briga.
    Não podemos pagar o preço da incompetência alheia com a competência do sistema S.

  50. Vera Lúcia Augusto disse:

    Prezado Prof. Walter e leitores:

    Realmente é a política contrária, não injeta mais recursos nas Entidades sérias e responsáveis que tanto fizeram e fazem pela educação, cultura, qualidade de vida, ensino profissionalizante, mas tira-se, de forma desmedida e inconsequente.
    Se este ato vai gerar retrocesso, nosso governo não se importa. É lamentável !
    Não podemos ficar inertes!
    Esta é a Pátria Educadora?

  51. Viviane Laperuta Marquezano disse:

    Realmente não podemos ficar calados diante dessa atitude do governo. Professor Walter seu texto representa a todos que estão indignados com esta situação. Se precisar vamos á ruas lutar e mostrar nosso repudio a essa medida.

  52. Carlos Alberto Santos disse:

    O nosso governo tem desrespeitado as premissas históricas, querendo colher frutos daquilo que eles nunca plantaram. Pretendem matar a árvore que tem dado frutos desde 1942.
    “Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de colher o que se plantou”

  53. Silvia Pagotto disse:

    Não podemos permitir esta insanidade. Vamos lutar pela educação e por nosso país.

  54. Catarina Lucia Priori disse:

    Prezado Prof. Walter.

    Essa atitude do governo federal me causa indignação e repulsa. Me questiono, porque mexer no que está dando tão certo?! É uma questão de bom senso, no mínimo.
    Espero que os nossos políticos reflitam sobre essa atitude. Estou confiante, acreditando na reversão desse quadro.

  55. Edivaldo Guedes Alcoforado disse:

    Parabéns pelo artigo,Prof. Walter, ele expressa exatamente o nosso sentimento de indignação diante de tamanha afronta à uma entidade séria e capaz como SENAI e SESI.

  56. João Carlos Voltarelli disse:

    Professor Walter,

    Parabéns pelo texto que toca em pontos delicados da educação brasileira e o apoio do sistema S na formação de mão de obra qualificada ao longo dos anos. O Sistema S não pode pagar pelas mazelas de um governo que ainda não entende a importância da educação na vida das pessoas.

  57. Ellen Veroneze disse:

    Parabéns prof. Walter! Temos que multiplicar esta mensagem para todos os cantos do país.

  58. Maria do Socorro da Silva disse:

    Porque instruir, educar e dar oportunidade para que as pessoas pensem, questionem e reflitam , se o governo necessita formar pessoas que ignoram as políticas públicas?

  59. Robson Caio Silva disse:

    Parabéns pelas ótimas palavras Profº Vicioni. Expressam de forma direta a indignação à qual estamos todos neste momento de crise.
    Crise esta, que não se resolverá com o absurdo proposto, mas sim com uma maior eficiência administrativa dos nossos governantes.
    Abraços!

  60. SCARLETT ANGELOTTI disse:

    Professor Walter, o artigo resume com propriedade o sentimento de cada um que conhece os serviços prestados pelo SESI e SENAI de SP. São muitas, as vozes indignadas se perguntando , como podem os iluminados deste “desgoverno” imputar a nós a saída pra crise criada por desmandos do rombo orçamentário!? Anos a fio temos tentado defender o SESI e SENAI da cobiça dos oportunistas! David e Golias! Bom saber que temos homens de coragem! Nos orgulhamos por sua coragem, sua vontade de lutar por nossos ideais, por não se calar! Estamos e somos Juntos!

  61. Airton Almeida de Moraes disse:

    Bom dia Prof. Walter,
    Sugiro que o texto seja publicado no Facebook para compartilhamentos com os amigos, essa ferramenta é muito poderosa para difundir a informação.

  62. José Francisco Caracho disse:

    Concordo plenamente com as palavras do Prof. Walter. Não precisamos procurar muito para encontrar algo que não funcione e desperdice muito dinheiro no governo federal, são secretarias, assembleias, ministérios etc, por isso, não queiram interferir no que está e sempre funcionará muito bem graças aos esforços de pessoas comprometidas com resultados, coisa que nossos políticos não são.
    Temos que cada vez mais nos pronunciar e repudiar contra a falta de competência de nossos governantes.

  63. Paulo Wesley de Oliveira disse:

    Prof. Walter,

    E o governo tem divulgado nos meios de comunicação, que está preocupado com a Educação no Brasil e que somos uma Pátria Educadora? Somos sim uma Pátria Educadora, pois temos Instituições de ensino sérias, como o SESI e SENAI, responsáveis e comprometidas com a Formação de Cidadãos, para o mercado de Trabalho.

  64. PRICILA LOPES SANTOS disse:

    É lamentável esta proposta do governo, como pode querer reduzir os recursos do Sistema S. Não podemos deixar isto acontecer, pois sabemos que estes recursos são bem empregados na educação, segurança, saúde e vida saudável, gestão e tecnologia e inovação. Conte com o nosso apoio!

  65. Eduardo Ferreira Garcia disse:

    O Senai tem uma história perpetuada ao longo de sua existência. Não pode ser fruto de manobras políticas ou econômicas. Durante sua existência, todo trabalho desempenhado e as contribuições para o setor industrial e da sociedade, são maiores do que tudo que se apresenta como justificativa para diminuir sua receita.
    Punição não é uma justificativa aceitável.
    A instituição tem que crescer para que o Brasil também tenha um desenvolvimento.

  66. José Luiz Messias disse:

    Muito pertinente e fundamental o artigo do sr., prof. Walter Vicioni.

    Na ânsia de buscar recursos para manter os seus gastos, o governo atual quer destruir o que é referência em nosso país, a qualidade de ensino do Sistema S.

    Que este texto chegue aos decisores, os parlamentares, além de todos que defendem uma Educação de Qualidade e diferenciada, e que funciona em nosso país.

    Muito obrigado.

  67. João Eduardo Remaeh disse:

    Concordo plenamente com o Sr. Prof. Walter, não é mais possivel continuarmos a aceitar tudo quietos como se não tivesse acontecido nada. Basta!; é hora de realmente tomarmos uma posição e lutarmos pelos nossos objetivos e ideais, se “eles” estão perdidos ou não sabem o que fazer, é melhor primeiro procurarem conhecer e saber tudo o que o Sistema S fez, faz e continuará fazendo, sem a intromissão de pessoas despreparadas.
    Vamos todos defender nossas conquistas.
    Pode contar sempre conosco, Prof. Walter.
    Um forte abraço, fique com Deus…

  68. Elaine Cristina Salina Lenharo Barsi disse:

    Bravo!!!!!!Vamos defender as nossas conquistas!!

  69. CARLOS BARBOSA disse:

    Companheiro Walter Vicioni Gonçalves

    Bom dia. Paz.

    Parabéns pela coragem e liderança em defesa do “Sistema S”. Compartilho os sentimentos de repúdio ao projeto do governo federal do PT.

    Saudações.

    Carlos Barbosa
    SENALBA/SP
    Taubaté

  70. Andréa Possatto Previatto Silva disse:

    O Sistema SESI-SP de Ensino sustenta-se pela qualidade do trabalho reconhecido pela população. A procura intensa pelas escolas SESI-SP comprova a seriedade e competência dos profissionais e líderes do SESI-SP.
    Estou junto na mobilização em defesa do Sistema “S”.

  71. MARLENE SCARAVELLI disse:

    Parabéns, professor, infelizmente não temos neste governo pessoas de visão como o senhor. Quero salientar que acompanho o Sesi desde os meus sete anos de idade quando fazia balé numa unidade e comprava refeição pronta na Rua da Mooca e fazia compras para minha casa no mercado do Sesi. Isto só contribuiu para que meus pais pudessem me dar uma situação melhor. Mas hoje o governo só se interessa por fazer bonito lá fora, aqui fica-se com o ônus dessa ostentação. Acorda Brasil, o pais grita por melhor educação e isso o Sesi e o Senai podem propiciar.Vamos lutar para manter o sistema S. Estou fazendo a minha parte.

  72. Mariângela Pintus Gonçalves da Costa disse:

    O Senhor Pai todo poderoso ajude o SENAI e SESI a não ser furtado por este governo PT. Pai dai força a esta Instituição tão respeitada e que eu admiro muito. Deus abençoe o Dr. Walter Vicioni. Amém.

  73. Luiz Carlos Dutra disse:

    O que será feito com os 30% do Sistema “S”, que será mais importante do que o próprio Sistema “S”?
    Acredito muito que há outras formas de remediar/remendar a situação, sem mexer no que é bom; para o Brasil e para os brasileiros. É apenas mais uma questão de consciência, do que de inteligência.

  74. Carmen Lúcia Krahembuhl disse:

    Parabéns pelo texto.
    Estamos todos unidos contra esta medida, que afetará, em muito a educação, esporte, cultura e saúde.Pobre nação em que os governantes reduzem recursos da educação para esconder a incompetência administrativa de seus dirigentes. Vamos no unir por um pais MELHOR !!!

  75. Roberto Silva disse:

    É lastimável que um país como o Brasil que arrecada Trilhões de reais com impostos anualmente precise cortar recursos de áreas essenciais como saúde e educação. Se houvesse administração dos recursos públicos de forma adequada com certeza não haveria necessidade de cortar um centavo dessas áreas. Os cortes que o governo propõe apenas certificam a incompetência dos que administram o país.

  76. Israel Rabelo disse:

    Parabéns pelo texto Mestre.

  77. Israel Rabelo disse:

    Parabéns pelo texto Professor, acho que o caminho é esse mesmo, nossos governantes tem que se responsabilizar pelas escolhas erradas.

  78. Melsi Maran disse:

    Precisamos nos unir, gerar um manifesto para evitar que esta Entidade de Ensino reconhecida mundialmente pela qualidade, seriedade e comprometimento com a educação seja tocada pela incompetência publica.
    Tenho 34 anos dentro desta Entidade, meus filhos, amigos e parentes são profissionais respeitados graças aos ensinamentos adquiridos por esta Entidade.Vamos nos unir e lutar.
    Contem comigo.Professor Melsi Maran

  79. Eduardo Bonatti disse:

    Texto magnífico que traz reflexão sobre uma educação que foi construida com muita dedicação e trabalho e que é exemplo de seriedade, comprometimento e de excelentes resultados e que de forma tão subta nossos representantes do governo querem praticamente destruir todo um sistema de educação prioritária para o Brasil.

  80. Aécio Morais lapa disse:

    Para mim, é muito difícil entender o que se passa na esferas políticas para se propor um desvio de garantia de boa educação. Em todos os países industrializados, o foco na educação é amplo e os governantes, pensando em tempos melhores para a sua população, mantém forte a proteção à educação. Pois é nas escolas que se cria novas soluções e esperança de um mundo mais igualitário. Se não cuidarmos e vigiarmos, estaremos voltando às eras das trevas.

  81. Luciene de Oliveira Moro disse:

    Estou indignada com a atitude tomada pelo governo.
    No momento o que nos resta é unirmos forças e lutar contra esse absurdo.
    Não vamos pagar o pato!!!!!

  82. Maria Luiza Nardes Lisboa disse:

    Parabéns por mais um artigo de extrema importância Profº Walter Vicioni,precisamos todos nos unir em apoio a Educação e a Indústria e seus demais setores de comércio e serviços.
    Pois está minoria de políticos corruptos não podem decidir este absurdo sem medir consequências drásticas para o futuro de toda nação.
    A população é muito mas forte que está minoria com poder e precisamos fazê-los lembrar que é de nós cidadãos eleitores que eles podem fazer exercer sua função e deveria ser a nosso favor que eles deveriam lutar.
    E ao invés disto estão destruindo o que já foi conquistado com muito trabalho e dedicação.
    Vamos nós unir para que o nosso direito não seja ignorado. O direito a Educação, ao trabalho e ao Progresso do nosso país.
    Todos juntos somos mais fortes ,somos a nação.

  83. LAURA CRUZ disse:

    Excelente texto, espero que sirva para reflexões de todos os que não conhecem esse modelo de ensino.

  84. Maria Andrade disse:

    Como sempre, professor, vivemos em um país onde o que dá certo vive a incomodar os que não têm competência, nem mesmo para seguir o caminho ou copiar. Mas eu como alguém que desde a infância conhece a competência do sistema S (Senai) e hoje faz parte deste só tenho a dizer que não pouparemos esforços para lutar para o que nos pertence e a nossa sociedade. Com bandeiras levantadas e uma rede social a nosso favor caminharemos…

  85. Waldete Siqueira Martins Braga disse:

    Será que já perguntaram ao nosso ex presidente o quanto o SENAI foi importante em sua vida.
    Quantos adolescentes serão excluidos desta oportunidade de estudar e se tornar um excelente profissional.

  86. Ricardo disse:

    Minha opinião é só minha, é apartidária. Hoje o PT não é nem de longe o que tentou expor que fosse, mas o PMDB é a grande meretriz do processo, aceitando cadeiras para calar a boca, isto é o mais miserável ato que um ser pode descer, se prostituir por míseros centavos, Judas!.
    Precisamos reverter este processo, porém, impossível, se os comandantes participarem da dança das cadeiras. Hoje você tem um incompetente ministro de uma pasta, ele não funciona lá, troca ele pra outra, isto é um absurdo.
    Não existe um orgão universal, onde podemos apelar para que haja uma intervenção mundial sobre nossa governança, porque não foi isto o prometido e a lei defende que esta grande burrada continue atuando, ou estamos por Deus mesmo?
    O que posso dizer é que apoio que não insiram a “mão-grande” no bolso do sistema “s”, mas que há luz, não há, não existe nem o túnel, desviaram o dinheiro da obra.

  87. Fabricio Bressani disse:

    Sistemas de ensino como o SESI e o SENAI fazem funcionar até mesmo a educação para portadores de necessidades especiais tais como aqueles com D.I. (deficientes intelectuais), conseguindo trabalhar cada perfil de forma adequada. Sobre o ensino técnico, todo o mundo (não só o Brasil) reconhece a qualidade. Reduzir recursos em áreas como essas é realmente interromper o desenvolvimento de uma nação.

  88. Veridiana Peron disse:

    Professor Walter Vicione, ao lermos o seu artigo percebemos que boas histórias são construídas com ações sérias ao serviço do desenvolvimento humano. Educação e formação continuada é o que fazemos. Muito orgulho de fazer parte dessa história.Vamos juntos conscientizar a população que o aumento de impostos não contribui em nada para com o crescimento de nosso país. Parabéns pelo texto.

  89. Ariovaldo Stocco disse:

    Seria interessante se a equipe econômica procurasse descontar 50 % de todo capital que entra nas entidades sindicais, ao invés de atrapalhar as entidades que querem realmente trabalhar em prol da educação nacional . (coisa que o governo já provou que é incapaz)

  90. Parabéns professor Walter Vicione. A história se constrói com ações sérias e comprometidas para com o desenvolvimento humano. é isso que o SENAI e o SESI fazem.

  91. Andrea B. Bernardi Batoni disse:

    Prof. Walter

    A indignação é uma crescente nestes últimos tempos devido aos mandos e demandas deste Governo que, apesar de ter sido eleito pelo povo, não está para o povo.
    Precisamos muito de uma voz forte que realmente represente o povo brasileiro e nosso SESI e SENAI. Vamos unir nossas forças em prol desse ideal e juntos não deixaremos que este mal maior nos atinja.

  92. Andrea B. Bernardi Batoni disse:

    Prof. Walter

    A indignação é uma crescente nestes últimos tempos devido aos mandos e demandas deste Governo que, apesar de ter sido eleito pelo povo, não está para o povo.Vamos unir nossas forças em prol desse ideal e juntos não deixaremos que este mal maior nos atinja.

  93. EMERSON MARIANO BUENO disse:

    Um texto excelente, poderia publicar no facebook para compartilhar com os amigos e divulgar este absurdo que querem fazer com a educação profissional. O SENAI é uma das instituições neste PAIS que valoriza o seu aluno, priorizando o ensino de qualidade, tornado-o competente , de acordo com as necessidades da industria brasileira e nossa sociedade.Uma atitude do governo está mostrando que a educação não é prioridade, e nem necessidade.

  94. Lilian Blasioli disse:

    Professor Walter, sábias palavras!
    O governo em sua sede de poder têm oprimido um povo que insiste em não enxergar. Estamos fartos disso tudo! Privar a população dos serviços prestados pelo Sistema S é, no mínimo, insano.
    Manifesto aqui também o meu repúdio.
    Estamos juntos pelo Sistema S.

  95. Renato Contin disse:

    Infelizmente o imediatismo impera em nosso pais, temos que lutar contra a redução independente do percentual, não podemos deixar que esse precedente seja aberto.

  96. Joaquim Santos filho disse:

    Professor Walter Vicioni eu sou professor, tenho o privilégio de participar dessa história de sucesso da rede do sistema S,meu pai e irmão fizeram SENAI, minha duas filhas estudam no SESI e eu sou funcionário dessa casa .Posso afirmar como propriedade e certeza a eficiência do sistema de educação aplicado na rede SESI e SENAI, talvez por que trabalho também nas “escolas públicas e privadas ” tão diferentes, cheio de oportunidades de melhorias, porém não conseguem usar como benchmark o nosso sistema S,é uma pena.
    Sou um multiplicador da educação, trabalho no sistema que é referência (SENAI), possa fazer das suas palavras as minhas, até por que tenho esse sentimento como educador dessa casa.
    Na eleição eu voltei em você por que acredito no Professor Walter Vicioni. Gostaria que tivesse vários na área de educação. Por isso,compartilho do mesmo repúdio que você.

  97. Renato Lucente Campos disse:

    E a Pátria Educadora ?????

    É o apogeus da sandice !!!!!!!

  98. José Roberto da Silva disse:

    Me enquadro perfeitamente no contexto citado nesse texto, pois, o SENAI formou profissionais eu e meus oito irmãos, o SENAC formou minha esposa e outra irmã, o SESI cuidou e educou meus dois filhos, além dos meus amigos e seus filhos. Devemos tudo que temos ao Sistema S, e esse governo corrupto, desorganizado e irresponsável não pode nem pensar em mexer com a verba que sempre foi muito bem administrada, a prova disso é a resposta positiva, otimista e de agradecimento de qualquer pessoa que já utilizou os serviços prestados pelo Sistema S. Estou disposto a ajudar, pode contar comigo.

  99. Sidnei Silva disse:

    Pois é, Prof. Vicioni. A indústria há muito não se limita a cobrar resultados financeiros de seus negócios. É notório, basta examinar com responsabilidade, que o empresariado têm sido, décadas a décadas, impelido por um ideal de construção da autonomia da nação. Ao resgate da cidadania e de valores éticos para serem disseminados na formação íntegra dos nossos alunos, futuros homens e mulheres que farão um novo país. É frustrante a pequenez de algumas lideranças políticas que ignoram ou desrespeitam o que significa o sistema S. Estamos na vanguarda da educação profissional, mas muito ainda estaríamos à frente com o apoio merecido de setores que, até aqui, mostram-se ineficientes, sem criatividade e sem visão estratégica para gerir aquilo a que se propuseram.

  100. Antonia Franco disse:

    Ótima reflexão a qual todos os brasileiros deveriam ler para ter consciência do que é ter uma boa escola, que realmente investe o dinheiro recebido em prol da população que estuda nas entidades do Sistema S.

  101. Thiago Fadeli disse:

    Professor Walter, perfeito seu artigo. Um governo com uma gestão ineficiente, quer punir o sistema S que realmente funciona com qualidade e transparência. Cortar 30% do sistema S é mais um erro do Governo.
    Talvez seja esse o plano do governo. Ter uma educação pior, para uma maior alienação da população, gerando resultado de manutenção do poder.
    Não podemos deixar isso acontecer.

  102. Eduardo N. Gracio disse:

    Pois é Professor Walter, recordo que de acordo com relatório da UNESCO – órgão das Nações Unidas para educação, ciência e cultura – a educação ajuda a combater a pobreza e capacita as pessoas com o conhecimento, habilidades e a confiança que precisam para construir um futuro melhor. Esquecem-se que o Sistema “S” composto pelo SENAI, SESI, SENAC e outros, representa um forte aliado do empresário na capacitação de trabalhadores e aperfeiçoamento profissional, e conta com uma rede de escolas, laboratórios e centros tecnológicos espalhados por todo o território nacional, desenvolvendo educação profissional de qualidade, conforme comprovado na WordSkills SP-2015; agora vê-se ameaçado pela absurda intenção de apropriação indevida, maculada por anseios mesquinhos e vergonhosos de um governo que não valoriza a EDUCAÇÃO, embora tenha como lema “Pátria Educadora”. Estamos nessa luta, e juntos somos mais, juntos somos fortes, e não serão economizados esforços em prol da manutenção do Sistema “S”, lutaremos pela indústria, pela sociedade, pelos professores e, acima de tudo, pela EDUCAÇÃO de QUALIDADE a décadas praticadas por nossas casas SESI/SENAI.

  103. Marcelo Kobayoshi disse:

    Derek Bok, disse:

    “Se você acha que educação é cara, experimente a ignorância.”

    Prof. Walter mais uma vez nos brinda com um excelente texto que traduz a indignação de toda uma Nação !

  104. Daniel Marcos Larios Martinez disse:

    Vejo claramente que o governo perdeu as rédeas. O pior é que o PMDB esta junto e não decide nada importante. Existe agora um troca-troca de ministros, etc. Isso é mal para a nossa nação e o pior de tudo querem mexer com uma Instituição do porte do SENAI. Porquê eles não mexem nas escolas técnicas e as arrumem. Não digo todas más uma grande maioria esta totalmente sem condições de dar ao aluno o que ele merece, visando o futuro de nosso pais.
    Sou contra o governo querer tirar os 30% da nossa receita. Isso é pura inveja, pois esse governo esta mais perdido que cego em tiroteio.
    Espero que a nossa instituição seja privilegiada com mais receita e não ao contrário.
    Pode contar comigo nesta luta. Já pensou nos professores desempregados? somos todos pai de família e necessitamos de continuar nossas lutas …
    Abraços,

  105. Claudinéia Maria Feliciana de Freitas Muchiutti disse:

    Devemos nos manifestar mesmo contra tantas injustiças que ocorrem em nosso Pais. A população já não aguenta mais arcar com todo o ônus gerado pela incompetência da má administração pública.

  106. Marcia Sueli Pontes Martins Souza disse:

    Parabéns pelo artigo professor,fui aluna Sesi de 1976 a 1982 e hoje sou funcionária desta máquina de ensinar.Não podemos admitir tal desmando deste governo.Saiba que tem o meu apoio e de toda a minha família já que hoje já tenho um neto que estuda no 2ano do fundamental e no ano que vem se DEUS quiser o irmãozinho dele meu netinho mais novo ingressará também no Sesi.Um forte abraço

  107. Roseli Magrini disse:

    Parabéns prof.Walter pelo excelente texto. Compartilho o meu repúdio e indignação. Vamos lutar para manter o “Sistema S”.

  108. Francisco Pakalniski Neto disse:

    Prof. Vicioni,pode contar sempre com nossa ajuda e toda população sabe bem o que representa sistema “s,”inquestionável o quanto representa para todos nós.

  109. LUÍS FRANCISCO SORIANI disse:

    Sr. Walter, esperamos com muita expectativa que novas atitudes governamentais conscientes revejam o quanto o país poderá perder com tal decisão e modifiquem.
    As suas palavras são as nossas palavras.

  110. LUÍS FRANCISCO SORIANI disse:

    Sr. Walter, esperamos que os nossos governantes repensem sobre as consequências negativas que todo o nosso país poderá ter com tais medidas. Acredito numa reviravolta a nosso favor, a favor da educação e preparação profissional com qualidade. Suas palavras são nossas palavras.

  111. LUÍS FRANCISCO SORIANI disse:

    Sr. Walter, espero que nossos governantes percebam a tempo as consequências negativas que tais atitudes poderão provocar. Acredito numa reviravolta a nosso favor, ou seja, a favor da educação e preparação para o trabalho com qualidade, o que tem sido a marca registrada do SESI e SENAI. As suas palavras, são nossas palavras.

  112. JORGE ELIAS SULIMAN disse:

    QUEM SÃO OS NOSSOS REPRESENTANTES NO SENADO E NO CONGRESSO PARA VETAR TAL MEDIDA?

    ESTOU CONVENCIDO DE QUE OS GOVERNANTES RUÍNS TIRAM INVESTIMENTOS DA EDUCAÇÃO PARA EMPREGAR EM CASAS POPULARES E EM OUTROS SETORES. AFINAL DE CONTAS, INVESTIR EM EDUCAÇÃO É TER RETORNO A MÉDIO E LONGO PRAZO, ALGO QUE NÃO SERÁ VISTO NA GESTÃO DELES. OUTRO FATOR INCRÉDULO É QUE EDUCAÇÃO DE QUALIDADE NÃO IMPACTA NAS PESSOAS E SIM A CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES, HOSPITAIS, UPP E OUTRAS.

  113. Janete Lima disse:

    Profº Walter

    O seu repúdio é o nosso! Que governo é esse, retroceder jamais! Reconhecer o nosso sucesso contínuo parece “doer” em alguns. Vamos TODOS juntos, não vamos calar diante de tal absurdo! Estamos juntos nessa! Excelente texto e muito esclarecedor, parabéns!

  114. Eudes disse:

    Prof. Walter
    Parabéns pelo equilíbrio nas palavras, pelo resgate histórico do compromisso destas casas e pela coragem de expressar em palavras o sentimento de todos os funcionários que fazem parte destas instituições. Contudo não são apenas os funcionários que pensam assim, mas também todos aqueles que de forma indireta ou direta são beneficiados pela existência e compromisso do SESI e SENAI.

  115. Airton Coltro Botas disse:

    Parabéns pela preocupação com o possível ajuste em nosso orçamento.
    Sabe-se que com mais recursos financeiros muito mais “fácil” administrar um bom ensino. Porém podemos sim com menos recursos garantir, com nosso empenho e nossa colaboração esse bom ensino, basta usarmos melhor nossas disponibilidades financeiras, desde nossos treinamentos até materiais e recursos usados em nossas escolas. Devemos nesta hora repensarmos o esforço que desenvolvemos para a eleição de um representante nosso na Câmara Federal. E um ótimo candidato nos tínhamos.

  116. mauro cesar folha arthuzo disse:

    Boa tarde.
    Mais um artigo de excelente qualidade e brilhante do Professor Walter, bem ponderado, mas que reflete muito bem o que se passa no nosso querido BRASIL, tenho receio do que poderá acontecer aos nosso jovens, pois um dos poucos estabelecimentos de ensino que se propõe a fazer o correto, que é o SENAI, tento um histórico de grandes conquistas para os nossos jovens e mesmo assim, querem nos tirar dinheiro, que por sinal é muito bem investido. Somente um pais, que não quer pessoas preparadas tem essa ideia.

  117. Gilmar Scognamiglio disse:

    Boa tarde Valter Vicioni e colegas.
    Tudo que o SENAI fez e continua fazendo pela educação do país o governo quer jogar tudo por água a baixo, como os culpados pela situação que se encontra o país fosse nossa culpa, querem criar mais impostos e criar muitas dificuldades para o SENAI continuar sendo o que é, respeitado por todos. Estou do seu lado, temos que acabar com essa pouca vergonha que é o nosso governo atual. Um abraço a todos.

  118. Sergio Luiz Ribeiro disse:

    E tempo de valorizar o ensino de qualidade.
    “Meu único desejo, meu tema musical, meu diamante é a educação”.
    Rubem Alves (escola da ponte)

  119. Parabéns, Prof. Walter. Primoroso texto, como sempre. Suas palavras expressam, com leveza e delicadeza, quão terríveis podem ser as consequências de um desgoverno e como a “Pátria educadora e das bolsas” pode destruir décadas de uma história sólida, consistente e consolidada com honestidade.
    Nossos chefes de governo ainda não aprenderam que cidadania se constrói com EDUCAÇÃO e TRABALHO.

  120. Aline Campo disse:

    Parabéns pelo texto, faço de suas palavras as minhas:
    “É tempo de se ter consciência que destruir é fácil, mas reconstruir é extremamente difícil. É tempo de políticos e governantes agirem analisando consequências de suas decisões, a médio e longo prazos. É tempo de o país ter uma política de estado, que fortaleça sistemas de educação que se revelem eficientes e que sejam fundamentais para as pessoas, para a economia, para a sociedade brasileira.”
    O Brasil precisa de mais educação e menos corrupção!

  121. A urgente e necessária construção de uma política de Estado para a educação deixaria o país no trilho do progresso. Infelizmente a má gestão do dinheiro público faz com que o Governo Federal tome atitude equivocada em retirar do sistema S o auxílio para a formação e preparação. Ações que sempre administraram com competência e lisura.
    O governo deveria aprender a gerir a coisa publica como administrador atento e competente. Confiamos no Sesi e na proposta educativa desta entidade.

  122. Lindauva Basilio Saraiva disse:

    Congratulações! Prof. Walter,
    Realmente não podemos perder os recursos estabelecidos na Constituição Federal, pois o Sistema S é comprometido com a formação do indivíduo em todos os aspectos. Abraço a causa muito bem defendida pelo senhor.

  123. Olga Maria de Andrade Pereira Boscoli disse:

    Acredito no Sistema S, pois tenho duas filhas que estudaram no SESI e tenho muita gratidão por tudo que o SESI ofereceu para elas,e enquanto educadora da rede SESI,eu sei o quanto o SESI investe na formação dos educadores para que realmente ocorra uma educação de qualidade.
    Tenha certeza que dentro dos princípios e da ética trabalheremos muito localmente e globalmente pelo NOSSO SISTEMA, pois faz parte da minha vida.

  124. Nelio Gomes de Miranda disse:

    Parabéns prof pela suas palavras isso demonstra que estamos todos preocupados com o ensino em nosso país principalmente no sistema s que é a porta para a profissionalização dos que entraram no mercado de trabalho em nosso país esperamos que refletem um pouco sobre o que foi mencionado

  125. CAMILA SANTOS disse:

    Excelente artigo, agradeço pelas informações e por transmitir a nós conhecimentos de interesse de todos.

  126. Nilcea de Oliveira Paixão Lupianhes disse:

    Parabéns,estou do seu Lado,para o que der e vier,O nosso País esta carente de pessoas com coragem,dignidade,e patriotismo,a honestidade foi transformada de forma desonrosa,necessitamos resgatar aquilo de mais precioso,que uma sociedade possa ter que é a Educação de qualidade ,para que possamos dar direito de vida com valor, a toda a população,e podemos andar de cabeça erguida,e sentir novamente orgulho de ser Brasileiros. Sou muito orgulhosa de ter o prazer de compartilhar da mesma opinião,Muito obrigado,Meu Querido Professor Walter.

  127. SANDRA REGINA GUERTA DE SOUZA disse:

    PARABENS PROF EM NOSSA ATUALIDADE A EDUCAÇÃO E´O UNICO MEIO PARA OBTERMOS MUDANÇAS , NO BRASIL E NA SOCIEDADE, SE ISTO MESMO ACONTECER NOSSO FUTURO OU SEJA DE MEUS NETOS SERÁ TOTALMENTE COMPROMETIDO .COMO DIZ O FAMOSO PAULO FREIRE NÃO HA DOCENCIA SEM DICENCIA … ACREDITO NA EDUCAÇÃO E SEI QUE HAVERA´MUDANÇAS….

  128. Benedito Eduardo Ferreira disse:

    Reduzir repasses ao Sistema S não condiz com uma pátria educadora.

  129. Benedito Eduardo Ferreira disse:

    Educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido.

    Portanto, considero insana uma proposta como esta, pois reduzir o repasse para o sistema S, irá gerar uma consequente redução na contribuição para educação com qualidade, sempre oferecida pelo SENAI e sistema S.

  130. Benedito Eduardo Ferreira disse:

    Educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido.

    Portanto, considero insana esta proposta do governo federal, pois diminuir a receita significa a restringir a educação com qualidade realizada pelo SENAI e sistema S, tão necessária para o crescimento do pais. Isso não condiz com a filosofia de uma pátria educadora.

  131. Maria Cristina Valério Toledo disse:

    Estamos empenhados em lutar pela educação no país em que vivemos, sabemos da importância da mesma . Sou educadora e falo com propriedade sobre a qualidade da educação que presencio no meu dia a dia. Não podemos nos acomodar e aceitar um absurdo destes.

  132. Fábio Santos disse:

    Parabéns, Prof. Walter. Sempre fico com uma pergunta. O que eu, o que nós como povo desse país que está sofrendo com todas essas opressões, podemos fazer a curto prazo para mudar nosso rumo e reescrever nossa história?

  133. Nilcea de Oliveira Paixão Lupianhes disse:

    É muito bom saber , que temos um líder,para poder defender o que existe de maior importância,para uma nação.Educação é o principio básico do crescimento. Parabéns.

  134. Affonso Henriques Rodrigues de Sousa disse:

    Caro Professor Walter!

    Parece que não tem fim o pacote de desconcertos que esse país atravessa.
    Fui testemunha atual da realização do World Skills São Paulo 2015, onde o pais teve consagrado os esforços que o sistema, como um todo pode proporcionar ao jovem estudante e trabalhador que dá suporte à industria nacional.
    Essa medida histriônica e maléfica à educação profissional brasileira não pode ter continuidade e deve ser combatida severamente por todos que se sentem responsáveis pela continuidade do desenvolvimento nacional.

  135. Fábio Castro de Melo disse:

    Parabéns Prof. Walter pelas palavras e pelo desabafo! Quero também registrar meu repúdio a iniciativas inconsequentes como esta! Já não basta o sistema educacional precário encontrado nas escolas públicas com professores desmotivados, instalações mal conservadas, etc. O sistema “S” em seus mais de 70 anos suprindo a formação profissional em nosso pais, precisa continuar sua missão perante nossa nação.

  136. julianande Almeida Avelino disse:

    Sempre me orgulhei de dizer que meus filhos estudassem no Sesi, lamento muito o que está acontecendo, é um retrocesso!

  137. Marcos Rogério Kapp disse:

    Sempre sábio Prof. Walter. Somos juntos nesta luta!

138 Comentários para "Vamos agora punir a eficiência de sistemas de educação?"