OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



Blog do Professor Walter Vicioni Gonçalves

Opinião – Jabuti ou bode?

Publicado em 4 de maio de 2016 - 15:52h

Leiam a minha opinião sobre o artigo “Educação e a agenda de um novo governo” de autoria de João Batista Araújo e Oliveira, publicado no jornal Folha de S. Paulo, no dia 26/04/2016, na coluna de Tendências e Debates.

Jabuti ou bode?

O senhor João Batista Araújo e Oliveira é profissional de carreira brilhante e de pensamento crítico respeitável em matéria de educação. Frequentemente, a Folha lhe concede espaço na página “Tendências e debates”. É plenamente justificada e humana a sua meteórica e desastrada passagem pela Secretaria Executiva do MEC em 1995.

Em artigo recente – “Educação e a agenda de um novo governo”, Folha de S. Paulo, 26/04/2016, p. A3 – ele realmente “pisou na bola”. O texto, em seu conjunto, não é um primor de consistência. São “pílulas” esparsas lançadas sem qualquer fundamentação. Uma delas, em especial, assemelha-se aos “jabutis” nos projetos de lei no Congresso Nacional.

Afirma, secamente, que “É fundamental também realizar uma profunda revisão do ensino médio, canalizando recursos do Sistema S para seu financiamento…”. Nada mais é dito para explicar essa estroinice. Tal como o quelônio na atividade parlamentar, trata-se de ideia que ou simplesmente está “pegando carona” ou não teria a menor chance de ser aceita se apresentada isoladamente.

Ora, ainda que o Sistema S tenha problemas, todos perfeitamente sanáveis, é voz corrente que são instituições que, nesse mar de ineficiência e de incompetência que assola o país, funcionam bem e atendem adequadamente aos interesses dos setores produtivos e da população. É muito estranho e surpreendente que o senhor João Batista, conhecedor dessas instituições, proponha medida tão maléfica e irracional.

Uma interpretação menos bondosa diria que se trata de sinalizar uma ameaça, a exemplo do “bode” no recinto humano, para ser chamado (o autor da ameaça) a retirar o animal, sem maus tratos e sem vestígios. Obviamente, tarefa dessa natureza requer trabalho especializado e bem pago…

Sobre

Walter Vicioni é diretor regional do SENAI-SP, superintendente do SESI-SP e membro do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.


Saiba mais sobre
Walter Vicioni Gonçalves

Redes Sociais

Deixe o seu comentário!