OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



Blog do Professor Walter Vicioni Gonçalves

Olimpíada do Conhecimento une tradição e progresso

Diretor regional do Senai-SP participou da abertura da 7º Olimpíada do Conhecimento

 A 7ª Olimpíada do Conhecimento, que começa esta semana, em São Paulo, deve desfazer um mito: o do antagonismo entre a tecnologia e os conceitos clássicos do ensino profissionalizante. A avaliação é do diretor regional do Senai São Paulo, Walter Vicioni, durante cerimônia de abertura do evento, na tarde desta segunda-feira (12/11).

A sétima edição do principal torneio de estudantes do ensino profissionalizante, vai testar conhecimentos de 640 alunos em 54 profissões que vão desde a manutenção aeronáutica até joalheria.

“Tradição e progresso não são inimigos. Eles andam junto. A tradição dos valores e da cultura e o progresso por responder às inquietações e avanços tecnológicos da indústria brasileira. São coisas que se associam e é isso que nós queremos mostrar nesta Olimpíada, que é possível conviver com o progresso e a tradição”, afirmou Vicioni. Leia Mais…

21
nov 2012
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Diretor regional do Senai-SP participou da abertura da 7º Olimpíada do Conhecimento A 7ª Olimpíada do Conhecimento, que começa esta semana, em São Paulo, deve desfazer um mito: o do antagonismo entre a tecnologia e os conceitos clássicos do ensino profissionalizante. A avaliação é do diretor regional do Senai São Paulo, Walter Vicioni, durante cerimônia de abertura do evento, na tarde desta segunda-feira (12/11).A sétima edição do principal torneio de estudantes do ensino profissionalizante, vai testar conhecimentos de 640 alunos em 54 profissões que vão desde a manutenção aeronáutica até joalheria.“Tradição e progresso não são inimigos. Eles andam junto. A tradição dos valores e da cultura e o progresso por responder às inquietações e avanços tecnológicos da indústria brasileira. São coisas que se associam e é isso que nós queremos mostrar nesta Olimpíada, que é possível conviver com o progresso e a tradição”, afirmou Vicioni. (mais…)

Diamantes musicais na favela de Paraisópolis

Matéria sobre o bonito projeto em Paraisópolis materializado pelo maestro João Carlos Martins.

Fonte: CNN

São Paulo, Brasil (CNN) – O violino que ela usa é barato comparado aos normalmente usados em orquestras: importado da China, custa cerca de US$ 150. Mas isso pode ser considerado uma verdadeira fortuna para Yanca Leite. No dia da entrevista, a estudante de 15 anos de idade, não tinha dinheiro nem pagar o café da manhã.

Yanca divide um barraco de um quarto com sua família, de oito pessoas, em uma favela na periferia de São Paulo, chamada Paraisópolis. No caminho estreito que leva à sua porta estão garrafas e latas que a família recolhe para complementar a renda. “O cara que recicla as garrafas não veio pegá-las e, por isso, não nos pagou”, disse Yanca. “Então, nós não temos dinheiro para comprar pão.”

Yanca raramente vê seu pai, que está preso, ou sua mãe, uma empregada doméstica que diz que está trabalhando duro para que seus filhos possam sair da favela.

Mesmo com as dificuldades, Yanca acredita que ela finalmente descobriu o seu próprio caminho: a música. Menos de um ano atrás, ela se juntou a um novo projeto de música clássica no centro de Paraisópolis. Cada aluno recebe um violino, oferecido gratuitamente, e tem aula uma vez por semana. “A música mudou a minha vida”, disse ela. “Eu estudo oito horas por dia todos os instrumentos que tenho em casa: violino, violão e teclado”. Leia Mais…

14
nov 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 7
COMPARTILHAR
Matéria sobre o bonito projeto em Paraisópolis materializado pelo maestro João Carlos Martins.Fonte: CNNSão Paulo, Brasil (CNN) – O violino que ela usa é barato comparado aos normalmente usados em orquestras: importado da China, custa cerca de US$ 150. Mas isso pode ser considerado uma verdadeira fortuna para Yanca Leite. No dia da entrevista, a estudante de 15 anos de idade, não tinha dinheiro nem pagar o café da manhã.Yanca divide um barraco de um quarto com sua família, de oito pessoas, em uma favela na periferia de São Paulo, chamada Paraisópolis. No caminho estreito que leva à sua porta estão garrafas e latas que a família recolhe para complementar a renda. “O cara que recicla as garrafas não veio pegá-las e, por isso, não nos pagou”, disse Yanca. “Então, nós não temos dinheiro para comprar pão.”Yanca raramente vê seu pai, que está preso, ou sua mãe, uma empregada doméstica que diz que está trabalhando duro para que seus filhos possam sair da favela.Mesmo com as dificuldades, Yanca acredita que ela finalmente descobriu o seu próprio caminho: a música. Menos de um ano atrás, ela se juntou a um novo projeto de música clássica no centro de Paraisópolis. Cada aluno recebe um violino, oferecido gratuitamente, e tem aula uma vez por semana. “A música mudou a minha vida”, disse ela. “Eu estudo oito horas por dia todos os instrumentos que tenho em casa: violino, violão e teclado”. (mais…)

Viagem a Paris – trazendo boas ideias para SP

Semana passada estive em Paris por dois importantes motivos. O primeiro, para acompanhar o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, que recebeu o título de “Personalidade do Ano 2012″, reconhecimento da Câmara de Comércio do Brasil na França (CCBF). A premiação foi entregue pela ministra da Justiça do país anfitrião, Christiane Taubira. Foi um grande evento. Após as homenagens, aproveitamos para visitar os museus Cité de sciences & de l’Industrie e d’Arts et Métiers, espaços interativos que são referência mundial no apoio ao ensino da Ciência e Tecnologia. Boas ideias que precisam ser (e serão!) replicadas aqui no Brasil.

Veja as fotos a seguir: Leia Mais…

14
nov 2012
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Semana passada estive em Paris por dois importantes motivos. O primeiro, para acompanhar o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, que recebeu o título de “Personalidade do Ano 2012″, reconhecimento da Câmara de Comércio do Brasil na França (CCBF). A premiação foi entregue pela ministra da Justiça do país anfitrião, Christiane Taubira. Foi um grande evento. Após as homenagens, aproveitamos para visitar os museus Cité de sciences & de l’Industrie e d’Arts et Métiers, espaços interativos que são referência mundial no apoio ao ensino da Ciência e Tecnologia. Boas ideias que precisam ser (e serão!) replicadas aqui no Brasil.Veja as fotos a seguir: (mais…)

Crianças do interior de SP criam robô que lembra idosos de tomar remédio

Fonte: Do G1 Ribeirão e Franca
Invenção de Barretos concorrerá em campeonato do Sesi em São Paulo.
Sensor agenda horários para 3 remédios e só desliga ao detectar paciente.

 

Um grupo de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental do Sesi de Barretos (SP) criou uma máquina que promete ajudar os idosos a lembrarem a hora certa de tomar remédios. A invenção, com a qual a escola disputará um campeonato de robótica no Estado de São Paulo, é uma espécie de despertador capaz de agendar os horários para três tipos de medicamentos diferentes.

O “sistema de controle de remédios para a terceira idade”, que não está à venda no mercado, foi criado após dois meses de trabalho, envolvendo pesquisas em livros e visitas a um hospital e a um asilo para conciliar a tecnologia à rotina dos idosos. O robô dispara na hora programada, informa que remédio deve ser tomado em um monitor e só para de tocar quando um sensor detecta que o paciente pegou o comprimido na bandeja. Leia Mais…

9
nov 2012
COMENTÁRIOS 1
COMPARTILHAR
Fonte: Do G1 Ribeirão e FrancaInvenção de Barretos concorrerá em campeonato do Sesi em São Paulo.Sensor agenda horários para 3 remédios e só desliga ao detectar paciente. Um grupo de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental do Sesi de Barretos (SP) criou uma máquina que promete ajudar os idosos a lembrarem a hora certa de tomar remédios. A invenção, com a qual a escola disputará um campeonato de robótica no Estado de São Paulo, é uma espécie de despertador capaz de agendar os horários para três tipos de medicamentos diferentes.O “sistema de controle de remédios para a terceira idade”, que não está à venda no mercado, foi criado após dois meses de trabalho, envolvendo pesquisas em livros e visitas a um hospital e a um asilo para conciliar a tecnologia à rotina dos idosos. O robô dispara na hora programada, informa que remédio deve ser tomado em um monitor e só para de tocar quando um sensor detecta que o paciente pegou o comprimido na bandeja. (mais…)

No Encontro Técnico de Educadores, Vicioni diz que SESI-SP teve ousadia de pensar em novo formato de educação

Durante encontro com cerca de quatro mil docentes da rede Sesi-SP, superintendente destacou os avanços realizados pela instituição

Os avanços realizados pelo SESI-SP na área da educação e as perspectivas para os próximos anos foram alguns dos temas abordados durante o Encontro Técnico de Educadores do SESI-SP. O evento, realizado na tarde desta terça-feira (30/10) no Credicard Hall, contou com a participação de cerca de quatro mil educadores de todo o Estado.

O superintendente do SESI-SP, Walter Vicioni, parabenizou os educadores pela dedicação. “Vocês são os responsáveis pela transformação que ocorre em nossos alunos e são vocês, mais do que ninguém, que a enxergam quando eles vão embora da escola, formados”, afirmou o superintendente do SESI-SP. Leia Mais…

1
nov 2012
COMENTÁRIOS 1
COMPARTILHAR
Durante encontro com cerca de quatro mil docentes da rede Sesi-SP, superintendente destacou os avanços realizados pela instituiçãoOs avanços realizados pelo SESI-SP na área da educação e as perspectivas para os próximos anos foram alguns dos temas abordados durante o Encontro Técnico de Educadores do SESI-SP. O evento, realizado na tarde desta terça-feira (30/10) no Credicard Hall, contou com a participação de cerca de quatro mil educadores de todo o Estado.O superintendente do SESI-SP, Walter Vicioni, parabenizou os educadores pela dedicação. “Vocês são os responsáveis pela transformação que ocorre em nossos alunos e são vocês, mais do que ninguém, que a enxergam quando eles vão embora da escola, formados”, afirmou o superintendente do SESI-SP. (mais…)

O que o Pisa não diz

Artigo publicado na Revista ABIGRAF – Edição setembro/outubro/2012

É preciso termos a real dimensão do alcance do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes aplicado em cerca de 25.000 estudantes brasileiros.

No mês de maio de 2012, em cerca de 900 escolas brasileiras, um total estimado de 25 mil estudantes participou de uma avaliação, padronizada internacionalmente, no âmbito do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes – Pisa, organizado e coordenado pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico). A avaliação compreende provas escritas de leitura, matemática e ciências. Uma parcela dos estudantes responde também a testes eletrônicos de leitura e resolução de problemas matemáticos. Novamente, cria-se a expectativa da divulgação dos resultados da posição doBrasil entre os cerca de sessenta países que participam do programa. A repetição da situação de desalento é praticamente certa. Temos, porém, que ter a exata dimensão do alcance dessa avaliação.

Primeiramente, é preciso considerar a população-alvo da avaliação. Os “estudantes elegíveis”, que podem participar da amostra, são os de 15 anos de idade, fase em que, na maioria dos países, os jovens terminaram ou estão terminando a escolaridade mínima obrigatória. Já no Brasil, pela falta de sincronia entre idade e escolaridade, os alunos com 15 anos, que são selecionados para participar do programa, podem estar matriculados nos três últimos anos do Ensino Fundamental ou em qualquer série do Ensino Médio, ou seja, em etapas muito diferentes em relação ao final da sua educação básica. Leia Mais…

31
out 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 2
COMPARTILHAR
Artigo publicado na Revista ABIGRAF – Edição setembro/outubro/2012É preciso termos a real dimensão do alcance do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes aplicado em cerca de 25.000 estudantes brasileiros.No mês de maio de 2012, em cerca de 900 escolas brasileiras, um total estimado de 25 mil estudantes participou de uma avaliação, padronizada internacionalmente, no âmbito do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes – Pisa, organizado e coordenado pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico). A avaliação compreende provas escritas de leitura, matemática e ciências. Uma parcela dos estudantes responde também a testes eletrônicos de leitura e resolução de problemas matemáticos. Novamente, cria-se a expectativa da divulgação dos resultados da posição doBrasil entre os cerca de sessenta países que participam do programa. A repetição da situação de desalento é praticamente certa. Temos, porém, que ter a exata dimensão do alcance dessa avaliação.Primeiramente, é preciso considerar a população-alvo da avaliação. Os “estudantes elegíveis”, que podem participar da amostra, são os de 15 anos de idade, fase em que, na maioria dos países, os jovens terminaram ou estão terminando a escolaridade mínima obrigatória. Já no Brasil, pela falta de sincronia entre idade e escolaridade, os alunos com 15 anos, que são selecionados para participar do programa, podem estar matriculados nos três últimos anos do Ensino Fundamental ou em qualquer série do Ensino Médio, ou seja, em etapas muito diferentes em relação ao final da sua educação básica. (mais…)

Atletas do conhecimento se preparam para a grande competição

Cerca de 600 alunos de diversos cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) vão participar da Olimpíada do Conhecimento, de 12 a 18 de novembro, em São Paulo. São atletas do conhecimento, como podem ser chamados, que foram selecionados entre as escolas profissionalizantes do SENAI e do SENAC, em todo o Brasil, para disputar a maior competição de educação profissional no país.

Leia Mais…

24
out 2012
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Cerca de 600 alunos de diversos cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) vão participar da Olimpíada do Conhecimento, de 12 a 18 de novembro, em São Paulo. São atletas do conhecimento, como podem ser chamados, que foram selecionados entre as escolas profissionalizantes do SENAI e do SENAC, em todo o Brasil, para disputar a maior competição de educação profissional no país. (mais…)

Sesi-SP é bicampeão paulista de vôlei masculino

Com uma vitória por 3 sets a 0 sobre o Medley/Campinas, o SESI-SP conquistou na noite de ontem, dia 22/10, em casa, o bicampeonato paulista de vôlei masculino. Embalados pelos gritos da torcida, que lotou as arquibancadas do ginásio da Vila Leopoldina, o time mostrou determinação e, com certa tranquilidade, bateu o adversário com parciais de 25/19, 25/17 e 25/17. É o terceiro título do SESI-SP na competição estadual (2009/11/12) e que coroa a trajetória da equipe durante o torneio, em que obteve a melhor campanha na fase classificatória, com 13 vitórias em 14 partidas.

O superintendente do SESI-SP, Walter Vicioni, lembrou a importância da conquista para os alunos do SESI-SP. “Fico muito feliz porque isso vai servir de exemplo para os nossos alunos. Acho que estamos preparados para fazer bonito na Superliga. É uma maravilha ver estas crianças e os nossos atletas brilharem”. Leia Mais…

23
out 2012
COMENTÁRIOS 2
COMPARTILHAR
Com uma vitória por 3 sets a 0 sobre o Medley/Campinas, o SESI-SP conquistou na noite de ontem, dia 22/10, em casa, o bicampeonato paulista de vôlei masculino. Embalados pelos gritos da torcida, que lotou as arquibancadas do ginásio da Vila Leopoldina, o time mostrou determinação e, com certa tranquilidade, bateu o adversário com parciais de 25/19, 25/17 e 25/17. É o terceiro título do SESI-SP na competição estadual (2009/11/12) e que coroa a trajetória da equipe durante o torneio, em que obteve a melhor campanha na fase classificatória, com 13 vitórias em 14 partidas.O superintendente do SESI-SP, Walter Vicioni, lembrou a importância da conquista para os alunos do SESI-SP. “Fico muito feliz porque isso vai servir de exemplo para os nossos alunos. Acho que estamos preparados para fazer bonito na Superliga. É uma maravilha ver estas crianças e os nossos atletas brilharem”. (mais…)

SENAI-SP lança o Proeducador

O SENAI-SP lançou neste sábado (20/10), no Credicard Hall, o programa inédito de formação e aperfeiçoamento de educadores, o Proeducador. Em sua primeira fase, a iniciativa atenderá 3.200 docentes no Estado, com o objetivo de ampliar a qualidade do ensino da entidade, que se reflete diretamente em todos os setores produtivos da indústria.

O diretor regional do SENAI-SP, professor Walter Vicioni, disse ser muito importante o lançamento desse programa de formação de recursos humanos. “nas empresas modernas a função RH não considera mais que as pessoas são recursos, mas que as pessoas têm recursos. E são esses recursos que precisam ser desenvolvidos e mobilizados para o sucesso da organização”, enfatizou. Leia Mais…

23
out 2012
COMENTÁRIOS 1
COMPARTILHAR
O SENAI-SP lançou neste sábado (20/10), no Credicard Hall, o programa inédito de formação e aperfeiçoamento de educadores, o Proeducador. Em sua primeira fase, a iniciativa atenderá 3.200 docentes no Estado, com o objetivo de ampliar a qualidade do ensino da entidade, que se reflete diretamente em todos os setores produtivos da indústria.O diretor regional do SENAI-SP, professor Walter Vicioni, disse ser muito importante o lançamento desse programa de formação de recursos humanos. “nas empresas modernas a função RH não considera mais que as pessoas são recursos, mas que as pessoas têm recursos. E são esses recursos que precisam ser desenvolvidos e mobilizados para o sucesso da organização”, enfatizou. (mais…)

Ministro Raupp visita Escolas Móveis de Nanotecnologia do SENAI-SP

As duas escolas móveis do programa educacional Nanomundo do SENAI-SP, expostas na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, no Distrito Federal, foram visitadas pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp (foto), no dia 17 de outubro. Ele ressaltou a centralidade da área científica no momento do país.  As unidades móveis de Nanotecnologia ficaram abertas à visitação de 16 a 21 de outubro, no Pavilhão de Exposição do Parque da Cidade (ExpoBrasília).

Leia Mais…

23
out 2012
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
As duas escolas móveis do programa educacional Nanomundo do SENAI-SP, expostas na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, no Distrito Federal, foram visitadas pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp (foto), no dia 17 de outubro. Ele ressaltou a centralidade da área científica no momento do país.  As unidades móveis de Nanotecnologia ficaram abertas à visitação de 16 a 21 de outubro, no Pavilhão de Exposição do Parque da Cidade (ExpoBrasília). (mais…)

Sobre

Walter Vicioni é diretor regional do SENAI-SP, superintendente do SESI-SP e membro do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.


Saiba mais sobre
Walter Vicioni Gonçalves

Redes Sociais