OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



Blog do Professor Walter Vicioni Gonçalves

Sesi-SP e Senai-SP lançam editoras na Bienal

A partir de 9 de agosto de 2012, escreveremos mais uma bela história. O Sesi-SP e o Senai-SP lançarão suas editoras próprias, levando ao mercado conhecimento e conteúdo técnico, tecnológico, educacional e cultural relacionados às suas áreas de atuação.

O lançamento ocorrerá na 22ª edição da Bienal Internacional do Livro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. O evento reúne as principais editoras, livrarias e distribuidoras do país, mesclando literatura com diversão, negócios, gastronomia e cultura.

Durante a Bienal, serão apresentados 18 livros da SESI-SP Editora com temáticas de educação, cultura, nutrição e esporte. A SENAI-SP Editora estreará com 25 obras ligadas à ciência e tecnologia, engenharia de formação profissional e design, bem como periódicos, coleções e séries sobre memória e sociedade.

Nossos profissionais, professores e alunos do Sesi-SP e do Senai-SP que prestigiarem o evento terão direito a 40% de desconto nos livros das nossas editoras. Não fique fora dessa!

Leia Mais…

22
ago 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
A partir de 9 de agosto de 2012, escreveremos mais uma bela história. O Sesi-SP e o Senai-SP lançarão suas editoras próprias, levando ao mercado conhecimento e conteúdo técnico, tecnológico, educacional e cultural relacionados às suas áreas de atuação.O lançamento ocorrerá na 22ª edição da Bienal Internacional do Livro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. O evento reúne as principais editoras, livrarias e distribuidoras do país, mesclando literatura com diversão, negócios, gastronomia e cultura.Durante a Bienal, serão apresentados 18 livros da SESI-SP Editora com temáticas de educação, cultura, nutrição e esporte. A SENAI-SP Editora estreará com 25 obras ligadas à ciência e tecnologia, engenharia de formação profissional e design, bem como periódicos, coleções e séries sobre memória e sociedade.Nossos profissionais, professores e alunos do Sesi-SP e do Senai-SP que prestigiarem o evento terão direito a 40% de desconto nos livros das nossas editoras. Não fique fora dessa! (mais…)

Walter Vicioni destaca o valor dos livros como bem estratégico para desenvolvimento do Brasil

Fonte: Agência Indusnet Fiesp

O conhecimento ao alcance das mãos. Com o objetivo de propagar conteúdos técnico, tecnológico, educacional e cultural, o Sesi-SP e o Senai-SP escolheram a 22º edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo para o lançamento oficial da Sesi-SP Editora e da Senai-SP Editora, realizado nesta quinta-feira (09/08), no estande do evento (Rua E, nº 80).

O superintendente do Sesi-SP e diretor regional do Senai-SP, Walter Vicioni, ressaltou a importância das duas entidades como fomento a informação e educação.   “O Sesi-SP e o Senai-SP sempre foram produtores de conhecimento e as editoras têm como objetivo não só despertar o desenvolvimento material das pessoas, mas despertar grandes aspirações. Uma boa leitura e uma boa educação transformam as pessoas. E é este o nosso objetivo”, disse Vicioni. Os selos editoriais, de acordo com oeditor-chefe das editoras do Sesi-SP e Senai-SP, Rodrigo Farias,serão um multiplicador das bandeiras defendidas pelas instituições. “O mercado editorial tem todo um lado idealista em torno do poder de transformar o mundo. O que a gente quer é contribuir com a formação do cidadão por meio da educação.” Leia Mais…

10
ago 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Fonte: Agência Indusnet FiespO conhecimento ao alcance das mãos. Com o objetivo de propagar conteúdos técnico, tecnológico, educacional e cultural, o Sesi-SP e o Senai-SP escolheram a 22º edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo para o lançamento oficial da Sesi-SP Editora e da Senai-SP Editora, realizado nesta quinta-feira (09/08), no estande do evento (Rua E, nº 80).O superintendente do Sesi-SP e diretor regional do Senai-SP, Walter Vicioni, ressaltou a importância das duas entidades como fomento a informação e educação.   “O Sesi-SP e o Senai-SP sempre foram produtores de conhecimento e as editoras têm como objetivo não só despertar o desenvolvimento material das pessoas, mas despertar grandes aspirações. Uma boa leitura e uma boa educação transformam as pessoas. E é este o nosso objetivo”, disse Vicioni. Os selos editoriais, de acordo com oeditor-chefe das editoras do Sesi-SP e Senai-SP, Rodrigo Farias,serão um multiplicador das bandeiras defendidas pelas instituições. “O mercado editorial tem todo um lado idealista em torno do poder de transformar o mundo. O que a gente quer é contribuir com a formação do cidadão por meio da educação.” (mais…)

FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

O FILE 2012 apresenta a diversidade cultural digital por meio de instalações interativas, games, animações, maquinemas e música eletrônica. Em sua décima terceira edição o FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – colabora com o desenvolvimento estético-tecnológico que novas linguagens eletrônicas e digitais possibilitam às culturas contemporâneas, bem como posiciona o Brasil no contexto mundial dessas novas tendências. A exposição aprersenta obras de artistas nacionais e internacionais que utilizam as ferramentas digitais, expressando as principais manifestações estéticas e artísticas das novas tendências da arte eletrônica contemporânea, onde o público visitante participará de forma interativa com os trabalhos expostos. Destaque para:

Paradoxal Sleep – Nicolas Reeves, David St-Onge e Ghislaine Doté (Canadá) – Projeto composto por um grande cubo robotizado que flutua no espaço da exposição.

Túnel – Rejane Cantoni e Leonardo Crescenti (Brasil) – Escultura cinética composta por 93 pórticos que se desalinham em função da posição e do peso do corpo do visitante. Vários visitantes podem caminhar e interagir ao mesmo tempo com a instalação.

Leia Mais…

5
ago 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
O FILE 2012 apresenta a diversidade cultural digital por meio de instalações interativas, games, animações, maquinemas e música eletrônica. Em sua décima terceira edição o FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – colabora com o desenvolvimento estético-tecnológico que novas linguagens eletrônicas e digitais possibilitam às culturas contemporâneas, bem como posiciona o Brasil no contexto mundial dessas novas tendências. A exposição aprersenta obras de artistas nacionais e internacionais que utilizam as ferramentas digitais, expressando as principais manifestações estéticas e artísticas das novas tendências da arte eletrônica contemporânea, onde o público visitante participará de forma interativa com os trabalhos expostos. Destaque para:Paradoxal Sleep – Nicolas Reeves, David St-Onge e Ghislaine Doté (Canadá) – Projeto composto por um grande cubo robotizado que flutua no espaço da exposição.Túnel – Rejane Cantoni e Leonardo Crescenti (Brasil) – Escultura cinética composta por 93 pórticos que se desalinham em função da posição e do peso do corpo do visitante. Vários visitantes podem caminhar e interagir ao mesmo tempo com a instalação. (mais…)

Agenda Cultural SESI-SP: Boca de Ouro

Texto original de Nelson Rodrigues, direção artística de Marco Antônio Braz, com Marco Ricca e grande elenco. Durante  agosto, sábados, às 20h30 e domingos, às 20h, R$ 10 e R$ 5 (meia). Em setembro, quintas e sextas feiras, às 20h30, gratuito.

O chofer do ônibus que Nelson Rodrigues costumava pegar se orgulhava sempre de seus 27 dentes de ouro maciço, 24 quilates. Ele foi a inspiração para o dramaturgo contar uma história do submundo e do poder paralelo da contravenção. Boca de Ouro é representante fiel da malandragem e da ginga carioca. Metido, cheio de bossa, o protagonista tem densidade psicológica, complexado por causa da sua origem humilde. Antecipando uma discussão que até hoje não tem fim, Nelson desvenda o processo metafísico da violência e da ambição pelo poder, numa lição construtiva e cada vez mais contemporânea.

Leia Mais…

5
ago 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Texto original de Nelson Rodrigues, direção artística de Marco Antônio Braz, com Marco Ricca e grande elenco. Durante  agosto, sábados, às 20h30 e domingos, às 20h, R$ 10 e R$ 5 (meia). Em setembro, quintas e sextas feiras, às 20h30, gratuito.O chofer do ônibus que Nelson Rodrigues costumava pegar se orgulhava sempre de seus 27 dentes de ouro maciço, 24 quilates. Ele foi a inspiração para o dramaturgo contar uma história do submundo e do poder paralelo da contravenção. Boca de Ouro é representante fiel da malandragem e da ginga carioca. Metido, cheio de bossa, o protagonista tem densidade psicológica, complexado por causa da sua origem humilde. Antecipando uma discussão que até hoje não tem fim, Nelson desvenda o processo metafísico da violência e da ambição pelo poder, numa lição construtiva e cada vez mais contemporânea. (mais…)

Agenda Cultural SESI-SP – A Falecida.

Texto original de Nelson Rodrigues, direção artística de Marco Antônio Braz, com Maria Luisa Mendonça e grande elenco. Todas as quintas e sextas feiras de agosto, entrada gratuita. Em 1953, estava em voga o realismo socialista, teoria segundo a qual todas as histórias deveriam ter um final positivo ressaltando as conquistas do proletariado. Contra a corrente, o que importava para o dramaturgo era o indivíduo. “Marx que vá tomar banho!”. O tema da obsessão retorna, agora voltado para a morte. Poderá um enterro de luxo compensar uma vida simples e miserável? A Falecida marca o reencontro do teatro de Nelson Rodrigues com o sucesso comercial. Cansado de desagradar às plateias conservadoras, aos críticos e à censura, resolveu agradar a si mesmo e a seu público.

Leia Mais…

5
ago 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Texto original de Nelson Rodrigues, direção artística de Marco Antônio Braz, com Maria Luisa Mendonça e grande elenco. Todas as quintas e sextas feiras de agosto, entrada gratuita. Em 1953, estava em voga o realismo socialista, teoria segundo a qual todas as histórias deveriam ter um final positivo ressaltando as conquistas do proletariado. Contra a corrente, o que importava para o dramaturgo era o indivíduo. “Marx que vá tomar banho!”. O tema da obsessão retorna, agora voltado para a morte. Poderá um enterro de luxo compensar uma vida simples e miserável? A Falecida marca o reencontro do teatro de Nelson Rodrigues com o sucesso comercial. Cansado de desagradar às plateias conservadoras, aos críticos e à censura, resolveu agradar a si mesmo e a seu público. (mais…)

Os caminhos para a efetiva democratização da Educação

Publicado na Revista Abigraf – edição 259 – ano 2012

A educação, no Brasil, é um dos assuntos mais comentados do momento. Tragédias e crimes podem ser manchetes por alguns dias, mas logo saem do noticiário. Já a educação é um assunto perene, sempre alimentado por novas opiniões de especialistas, teses de intelectuais, propostas do setor público. Apesar de tanta discussão, a cada avaliação, volta-se a divulgar o horror de pouco (ou nada) ter-se avançado nos resultados dos alunos.

Ao invés de alimentar mais ainda essa polêmica entre diferentes posições e opções, proponho que se volte para uma questão simples, que possa dar foco a políticas públicas e prioridade à aplicação de recursos: o que se quer da educação no mundo de hoje?

Leia Mais…

3
ago 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Publicado na Revista Abigraf – edição 259 – ano 2012A educação, no Brasil, é um dos assuntos mais comentados do momento. Tragédias e crimes podem ser manchetes por alguns dias, mas logo saem do noticiário. Já a educação é um assunto perene, sempre alimentado por novas opiniões de especialistas, teses de intelectuais, propostas do setor público. Apesar de tanta discussão, a cada avaliação, volta-se a divulgar o horror de pouco (ou nada) ter-se avançado nos resultados dos alunos.Ao invés de alimentar mais ainda essa polêmica entre diferentes posições e opções, proponho que se volte para uma questão simples, que possa dar foco a políticas públicas e prioridade à aplicação de recursos: o que se quer da educação no mundo de hoje? (mais…)
30
jul 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
(mais…)

Empresas desconhecem os incentivos para a inovação

www.canalrh.com.br/mobile/artigo.asp – 28 de outubro de 2010 

Empresários, membros do governo e economistas se encontraram para discutir os desafios da inovação no Brasil e como se pode superá-los. Eles concluíram que houve muitos avanços, mas as empresas ainda não conhecem bem os incentivos a sua disposição para que inovem cada vez mais. O debate ocorreu durante uma reunião da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), realizada na semana passada na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, apontou que “o Brasil tem um conjunto de incentivos – Leio do Bem, Lei de Informática –, assim como a atuação de órgãos importantes como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico , como a Financiadora de Estudos e Projetos, como o BNDES, como a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior”. Mas fez uma ressalva: “Nem sempre o conhecimento e o acesso a esses incentivos são disseminado de maneira suficiente e clara ao empresariado. E, especialmente, à empresa pequena, que está mais distante e tem mais dificuldades”. Leia Mais…

30
jul 2012
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
www.canalrh.com.br/mobile/artigo.asp – 28 de outubro de 2010  Empresários, membros do governo e economistas se encontraram para discutir os desafios da inovação no Brasil e como se pode superá-los. Eles concluíram que houve muitos avanços, mas as empresas ainda não conhecem bem os incentivos a sua disposição para que inovem cada vez mais. O debate ocorreu durante uma reunião da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), realizada na semana passada na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, apontou que “o Brasil tem um conjunto de incentivos – Leio do Bem, Lei de Informática –, assim como a atuação de órgãos importantes como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico , como a Financiadora de Estudos e Projetos, como o BNDES, como a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior”. Mas fez uma ressalva: “Nem sempre o conhecimento e o acesso a esses incentivos são disseminado de maneira suficiente e clara ao empresariado. E, especialmente, à empresa pequena, que está mais distante e tem mais dificuldades”. (mais…)

Walter Vicioni visita empresa de aeronaves na França

 

O diretor regional do SENAI SP, Walter Vicioni visitou, no dia 19 de julho, a empresa de construção de aeronaves DASSAULT AVIATION, na França. O objetivo foi o de verificar a possibilidade de estabelecer convênio de cooperação técnica entre a DASSAULT e o SENAI-SP, visando capacitação de profissionais para a área de produção de peças e equipamentos para aeronaves (principalmente para manutenção e reparos de aeronaves). A empresa está presente em 80 países e é responsável pela criação e produção dos modelos: Rafale, Mirage, Falcon e Neuro. Leia Mais…

30
jul 2012
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 1
COMPARTILHAR
 O diretor regional do SENAI SP, Walter Vicioni visitou, no dia 19 de julho, a empresa de construção de aeronaves DASSAULT AVIATION, na França. O objetivo foi o de verificar a possibilidade de estabelecer convênio de cooperação técnica entre a DASSAULT e o SENAI-SP, visando capacitação de profissionais para a área de produção de peças e equipamentos para aeronaves (principalmente para manutenção e reparos de aeronaves). A empresa está presente em 80 países e é responsável pela criação e produção dos modelos: Rafale, Mirage, Falcon e Neuro. (mais…)
aviacao2

Sobre

Walter Vicioni é diretor regional do SENAI-SP, superintendente do SESI-SP e membro do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.


Saiba mais sobre
Walter Vicioni Gonçalves

Redes Sociais