OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



Blog do Professor Walter Vicioni Gonçalves

Mensagem de Natal (2007)

A cada ano, alguma coisa diferente me faz perceber que, de novo, é Natal. Na verdade, os sinais de que o fim de ano chegou já estavam todos lá, existindo, porém, um momento único em que ele é percebido: seja por causa de um cartão de Boas Festas, de uma canção natalina, das luzes iluminando as árvores, das fachadas das casas, dos prédios, da banca da UNICEF que se instala… Dou-me conta, então, de que sim, o ano está terminando e de que é hora de avaliar os resultados obtidos no caminho percorrido, de traçar novos planos. Tempo, mais uma vez, de recomeçar.

Desta vez, tal constatação aconteceu sutilmente, quando revi, até que por acaso, um filme antigo, sucesso no inicio dos anos 80.  Flashdance. A protagonista, Alex, jovem operária, trabalha durante o dia como soldadora numa indústria; à noite, como dançarina num bar sem muita categoria. Acalenta um antigo sonho: entrar para o conservatório de música e de dança e assim, se tornar bailarina. Passa seu pouco tempo livre praticando, treinando e suando muito, sozinha. Leia Mais…

17
jan 2012
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
A cada ano, alguma coisa diferente me faz perceber que, de novo, é Natal. Na verdade, os sinais de que o fim de ano chegou já estavam todos lá, existindo, porém, um momento único em que ele é percebido: seja por causa de um cartão de Boas Festas, de uma canção natalina, das luzes iluminando as árvores, das fachadas das casas, dos prédios, da banca da UNICEF que se instala… Dou-me conta, então, de que sim, o ano está terminando e de que é hora de avaliar os resultados obtidos no caminho percorrido, de traçar novos planos. Tempo, mais uma vez, de recomeçar.Desta vez, tal constatação aconteceu sutilmente, quando revi, até que por acaso, um filme antigo, sucesso no inicio dos anos 80.  Flashdance. A protagonista, Alex, jovem operária, trabalha durante o dia como soldadora numa indústria; à noite, como dançarina num bar sem muita categoria. Acalenta um antigo sonho: entrar para o conservatório de música e de dança e assim, se tornar bailarina. Passa seu pouco tempo livre praticando, treinando e suando muito, sozinha. (mais…)

Mensagem de Natal (2006)

É difícil acreditar que 2006 esteja terminando e que eu esteja aqui, mais uma vez, endereçando-lhes minha mensagem de final de ano. Janeiro, como tantos outros janeiros, começou lenta e timidamente, como um riacho de águas claras que, aos poucos e ao longo do ano, foi crescendo, se enchendo com centenas de atividades, afazeres, projetos novos, outros nem tanto, para chegar agora em dezembro, como um grande rio, caudaloso, transbordando além das margens, de tão pleno.

Leia Mais…

17
jan 2012
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
É difícil acreditar que 2006 esteja terminando e que eu esteja aqui, mais uma vez, endereçando-lhes minha mensagem de final de ano. Janeiro, como tantos outros janeiros, começou lenta e timidamente, como um riacho de águas claras que, aos poucos e ao longo do ano, foi crescendo, se enchendo com centenas de atividades, afazeres, projetos novos, outros nem tanto, para chegar agora em dezembro, como um grande rio, caudaloso, transbordando além das margens, de tão pleno. (mais…)
natal_2006

Mensagem de Natal (2005)

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança

(Mário Quintana)

O ano de 2005 vai chegando ao final e, como de outras vezes, interrompo meus tantos afazeres para uma reflexão que, fraternalmente, compartilho com vocês agora. Certamente, 2005 será lembrado como aquele em que a revolta da natureza desafiou o homem. A palavra tsunami, quase desconhecida de todos, passou a fazer parte do vocabulário comum e tempestades, as mais diversas, varreram a face do planeta. Teria sido a caixa de Pandora, por descuido, mais uma vez aberta?

Leia Mais…

17
jan 2012
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Lá bem no alto do décimo segundo andar do AnoVive uma louca chamada Esperança(Mário Quintana)O ano de 2005 vai chegando ao final e, como de outras vezes, interrompo meus tantos afazeres para uma reflexão que, fraternalmente, compartilho com vocês agora. Certamente, 2005 será lembrado como aquele em que a revolta da natureza desafiou o homem. A palavra tsunami, quase desconhecida de todos, passou a fazer parte do vocabulário comum e tempestades, as mais diversas, varreram a face do planeta. Teria sido a caixa de Pandora, por descuido, mais uma vez aberta? (mais…)

Mensagem de Natal (2004)

Todo ano, quando o mês de dezembro dispara no calendário, quando as ruas se iluminam de milhões de luzes coloridas, quando as pessoas se amontoam nas avenidas, nas lojas e nas festas de confraternização, quando as crianças sonham, cada uma, com seu brinquedo mais querido, eu, inevitavelmente paro e me pergunto sobre o verdadeiro significado do Natal.

Para mim, desde que me lembro, Natal é um tempo de alegria, de renovação, de compartilhar, de dividir, de sonhar com o que ainda está por vir. Tempo de avaliar o ano que vai se acabando, de contabilizar o que se realizou, o que se conquistou, o que se perdeu… Tempo para se lembrar dos frutos saboreados, das pequenas vitórias, das grandes conquistas, das cicatrizes, das feridas tratadas, das feridas ainda abertas… Leia Mais…

17
jan 2012
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Todo ano, quando o mês de dezembro dispara no calendário, quando as ruas se iluminam de milhões de luzes coloridas, quando as pessoas se amontoam nas avenidas, nas lojas e nas festas de confraternização, quando as crianças sonham, cada uma, com seu brinquedo mais querido, eu, inevitavelmente paro e me pergunto sobre o verdadeiro significado do Natal.Para mim, desde que me lembro, Natal é um tempo de alegria, de renovação, de compartilhar, de dividir, de sonhar com o que ainda está por vir. Tempo de avaliar o ano que vai se acabando, de contabilizar o que se realizou, o que se conquistou, o que se perdeu… Tempo para se lembrar dos frutos saboreados, das pequenas vitórias, das grandes conquistas, das cicatrizes, das feridas tratadas, das feridas ainda abertas… (mais…)

Sobre

Walter Vicioni é diretor regional do SENAI-SP, superintendente do SESI-SP e diretor da Faculdade SESI-SP de Educação. É membro reeleito do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Foi eleito, em 2018, para ocupar a Cadeira nº 36 da Academia Paulista de Educação.


Saiba mais sobre
Walter Vicioni Gonçalves

Redes Sociais