OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



Blog do Professor Walter Vicioni Gonçalves

Profissionais da rede de ensino no Saber em Ação 2016

IMG_0973

Mais uma vez juntos no Saber em Ação 2016, demos um passo para a melhoria contínua do nosso papel de educador em favor da educação de nossos alunos. A prática pedagógica, no SESI-SP, ressalta o papel insubstituível do docente para inspirar o aluno e colocá-lo como protagonista de sua própria aprendizagem. A capacitação foi realizada para mais de 6.300 profissionais da rede SESI-SP de ensino.

Sozinhos podemos ir longe, mas juntos podemos ir muito além no cumprimento da nossa missão.

Obrigado a todos pelo empenho.

22
jan 2016
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Mais uma vez juntos no Saber em Ação 2016, demos um passo para a melhoria contínua do nosso papel de educador em favor da educação de nossos alunos. A prática pedagógica, no SESI-SP, ressalta o papel insubstituível do docente para inspirar o aluno e colocá-lo como protagonista de sua própria aprendizagem. A capacitação foi realizada para mais de 6.300 profissionais da rede SESI-SP de ensino.Sozinhos podemos ir longe, mas juntos podemos ir muito além no cumprimento da nossa missão.Obrigado a todos pelo empenho.

Vem aí o Saber em Ação 2016

 

saber 1

O SESI-SP acredita na educação como o instrumento mais eficiente de mobilidade social e, por isso, o Saber em Ação 2016 será mais uma oportunidade para  reunir os docentes de toda a rede, a fim de intercambiar experiências educacionais e multiplicar o conhecimento em favor da melhoria constante do fazer pedagógico.

Convido todos vocês para a construção coletiva do SER JUNTOS!

16
jan 2016
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
 O SESI-SP acredita na educação como o instrumento mais eficiente de mobilidade social e, por isso, o Saber em Ação 2016 será mais uma oportunidade para  reunir os docentes de toda a rede, a fim de intercambiar experiências educacionais e multiplicar o conhecimento em favor da melhoria constante do fazer pedagógico.Convido todos vocês para a construção coletiva do SER JUNTOS!

Mensagem de Natal 2015

imagem_natal-02

Infância: Um gosto de amora
comida com sol. A vida
chamava-se “Agora”.

Guilherme de Almeida

 

Caros companheiros,

A vida de cada um é uma história diferente da história dos outros. Mas a minha infância também teve gosto de amora comida com sol. Além de amoras, havia a escola, com professores com quem aprendi a ler e escrever, códigos que me levaram a descobertas surpreendentes. Havia o tio Armando, que me estimulava a estudar e a gostar dos livros. Meu pai, que trabalhava muito para nos garantir o sustento e, sobretudo, havia minha mãe, minha grande heroína, alegre, sorridente e determinada, meu exemplo e inspiração em todos os dias de minha vida. Leia Mais…

4
dez 2015
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Infância: Um gosto de amoracomida com sol. A vidachamava-se “Agora”.Guilherme de Almeida Caros companheiros,A vida de cada um é uma história diferente da história dos outros. Mas a minha infância também teve gosto de amora comida com sol. Além de amoras, havia a escola, com professores com quem aprendi a ler e escrever, códigos que me levaram a descobertas surpreendentes. Havia o tio Armando, que me estimulava a estudar e a gostar dos livros. Meu pai, que trabalhava muito para nos garantir o sustento e, sobretudo, havia minha mãe, minha grande heroína, alegre, sorridente e determinada, meu exemplo e inspiração em todos os dias de minha vida. (mais…)

Os refugiados e a tragédia humana

[…] a morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte da humanidade;

e por isso, nunca procure  saber por quem os sinos dobram, eles dobram por ti.

(DONNE, John, Meditation XVII)

.

1Estamos vivendo hoje um dos momentos mais terríveis, tristes e dolorosos da história da Humanidade.

Pessoas passando embaixo de cercas feitas para impedi-los de fugir da guerra, da destruição. Multidões famintas recebendo alimentos de forma desumana, jogados por policiais. Crianças chorando no colo de seus pais, agarrando bonecas desfiguradas durante a viagem. Famílias caindo ao chão e sendo arrastadas para que não cheguem a seu destino. Crianças disputando com adultos um espaço para alcançar comida. Mulheres segurando as mãos de seus filhos para não perdê-los no meio de uma multidão que tenta embarcar em um trem que poderá levá-los a uma vida digna.

Nem Dante imaginou cenas de sofrimento como essas, nem Portinari expressou tanta dor em seus painéis de Guerra e Paz. Não é possível ficar impassível diante desse quadro. Leia Mais…

10
nov 2015
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 42
COMPARTILHAR
[…] a morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte da humanidade; e por isso, nunca procure  saber por quem os sinos dobram, eles dobram por ti. (DONNE, John, Meditation XVII).Estamos vivendo hoje um dos momentos mais terríveis, tristes e dolorosos da história da Humanidade.Pessoas passando embaixo de cercas feitas para impedi-los de fugir da guerra, da destruição. Multidões famintas recebendo alimentos de forma desumana, jogados por policiais. Crianças chorando no colo de seus pais, agarrando bonecas desfiguradas durante a viagem. Famílias caindo ao chão e sendo arrastadas para que não cheguem a seu destino. Crianças disputando com adultos um espaço para alcançar comida. Mulheres segurando as mãos de seus filhos para não perdê-los no meio de uma multidão que tenta embarcar em um trem que poderá levá-los a uma vida digna.Nem Dante imaginou cenas de sofrimento como essas, nem Portinari expressou tanta dor em seus painéis de Guerra e Paz. Não é possível ficar impassível diante desse quadro. (mais…)

Mensagem – Dia do Professor

Jornada de Heróis 

Herois

Caros docentes do SESI e do SENAI,

Nesta mensagem de comemoração ao Dia dos Professores gostaria de compartir com vocês algumas ideias, a partir de um livro que me caiu às mãos por acaso, e cujo tema prendeu-me a atenção, de imediato. “O Herói de Mil Faces”, de Joseph Campbell.

Campbell ficou conhecido por seus estudos e constatações sobre o universo mítico. Para ele, mitos são as máscaras de Deus, por intermédio das quais os homens, em todos os lugares, têm procurado se relacionar com as maravilhas da existência. Campbell, apoiado em conceitos emprestados da psicologia de Carl Jung, estudou histórias e mitos de vários povos e concluiu que existe um padrão recorrente em todos eles: um herói (ou uma heroína), cuja jornada é percorrida em doze etapas.

A Jornada do Herói, como ele denominou o percurso, não é uma invenção, se não o resultado de uma observação inteligente. Os heróis ou as heroínas podem ter cada um sua fisionomia e seu traço; contudo, o caminho a ser percorrido por todos é análogo: recebem um chamado, partem à procura daquilo que desejam, enfrentam inimigos e situações adversas, alcançam a recompensa almejada e, finalmente, regressam transformados. Como Don Quixote, por exemplo. Leia Mais…

6
out 2015
COMENTÁRIOS 2
COMPARTILHAR
Jornada de Heróis Caros docentes do SESI e do SENAI,Nesta mensagem de comemoração ao Dia dos Professores gostaria de compartir com vocês algumas ideias, a partir de um livro que me caiu às mãos por acaso, e cujo tema prendeu-me a atenção, de imediato. “O Herói de Mil Faces”, de Joseph Campbell.Campbell ficou conhecido por seus estudos e constatações sobre o universo mítico. Para ele, mitos são as máscaras de Deus, por intermédio das quais os homens, em todos os lugares, têm procurado se relacionar com as maravilhas da existência. Campbell, apoiado em conceitos emprestados da psicologia de Carl Jung, estudou histórias e mitos de vários povos e concluiu que existe um padrão recorrente em todos eles: um herói (ou uma heroína), cuja jornada é percorrida em doze etapas.A Jornada do Herói, como ele denominou o percurso, não é uma invenção, se não o resultado de uma observação inteligente. Os heróis ou as heroínas podem ter cada um sua fisionomia e seu traço; contudo, o caminho a ser percorrido por todos é análogo: recebem um chamado, partem à procura daquilo que desejam, enfrentam inimigos e situações adversas, alcançam a recompensa almejada e, finalmente, regressam transformados. Como Don Quixote, por exemplo. (mais…)

Vamos agora punir a eficiência de sistemas de educação?

Neste texto, compartilho o meu repúdio à proposta do governo federal de cortar 30% da receita direcionada ao Sistema S.  Leiam.

artigo Sistema SHá décadas, estamos lutando para melhorar os sistemas de educação básica no país. Aumento de verba, introdução de novas estratégias de ensino até hoje se revelaram ineficazes como soluções para problemas crônicos. Agora, medidas do governo ameaçam diminuir drasticamente os recursos disponíveis para os sistemas de educação – básica, profissional e continuada – direcionados à formação de trabalhadores e seus filhos. Desconsidera-se a história e o longo processo de evolução desses sistemas e os resultados até hoje alcançados.

No início da década de 1940, estava sendo organizado o SENAI, como uma das condições necessárias para a consolidação da indústria paulista. Os empresários, em especial Roberto Simonsen, reconheciam a importância da formação profissional e da educação continuada. Esse reconhecimento revelava uma posição extremamente arrojada, levando-se em consideração as condições em que então se vivia. Leia Mais…

23
set 2015
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 138
COMPARTILHAR
Neste texto, compartilho o meu repúdio à proposta do governo federal de cortar 30% da receita direcionada ao Sistema S.  Leiam.Há décadas, estamos lutando para melhorar os sistemas de educação básica no país. Aumento de verba, introdução de novas estratégias de ensino até hoje se revelaram ineficazes como soluções para problemas crônicos. Agora, medidas do governo ameaçam diminuir drasticamente os recursos disponíveis para os sistemas de educação – básica, profissional e continuada – direcionados à formação de trabalhadores e seus filhos. Desconsidera-se a história e o longo processo de evolução desses sistemas e os resultados até hoje alcançados.No início da década de 1940, estava sendo organizado o SENAI, como uma das condições necessárias para a consolidação da indústria paulista. Os empresários, em especial Roberto Simonsen, reconheciam a importância da formação profissional e da educação continuada. Esse reconhecimento revelava uma posição extremamente arrojada, levando-se em consideração as condições em que então se vivia. (mais…)

Artigo : Por que a Holanda?

Leiam o meu novo artigo inspirado em um país que foi além de seus limites, construído ao longo dos séculos pelo seu povo.

Holanda 2É uma realidade de nossos tempos que as fronteiras entre as nações estão cada vez mais permeáveis e que a mundialização exige profissionais cada vez mais qualificados num contexto internacional, no que diz respeito a tecnologias, habilidades interpessoais e de comunicação, o que demanda profissionais capazes de transitar por diferentes realidades culturais. Pode-se constatar, como consequência, a importância crescente da internacionalização da educação no mundo contemporâneo. Nesse cenário, o SENAI-SP percebeu a necessidade de internacionalizar seus Cursos de Educação Profissional Tecnológica de Graduação, por meio da realização de intercâmbio de estudantes e de colaboradores com instituições de ensino superior de outros países, bem como de atuar em projetos internacionais de pesquisa aplicada e desenvolvimento.

Nesse sentido, no último dia 14/08, o SENAI-SP assinou um Memorando de Intenções com o Ministério da Educação, Cultura e Ciência dos Países Baixos, e ainda, Protocolo de Intenções com a Universidade de Ciências Aplicadas de Haia e com a STC-Group, instituições igualmente holandesas. Por que a Holanda? Várias razões. Leia Mais…

20
ago 2015
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 49
COMPARTILHAR
Leiam o meu novo artigo inspirado em um país que foi além de seus limites, construído ao longo dos séculos pelo seu povo.É uma realidade de nossos tempos que as fronteiras entre as nações estão cada vez mais permeáveis e que a mundialização exige profissionais cada vez mais qualificados num contexto internacional, no que diz respeito a tecnologias, habilidades interpessoais e de comunicação, o que demanda profissionais capazes de transitar por diferentes realidades culturais. Pode-se constatar, como consequência, a importância crescente da internacionalização da educação no mundo contemporâneo. Nesse cenário, o SENAI-SP percebeu a necessidade de internacionalizar seus Cursos de Educação Profissional Tecnológica de Graduação, por meio da realização de intercâmbio de estudantes e de colaboradores com instituições de ensino superior de outros países, bem como de atuar em projetos internacionais de pesquisa aplicada e desenvolvimento.Nesse sentido, no último dia 14/08, o SENAI-SP assinou um Memorando de Intenções com o Ministério da Educação, Cultura e Ciência dos Países Baixos, e ainda, Protocolo de Intenções com a Universidade de Ciências Aplicadas de Haia e com a STC-Group, instituições igualmente holandesas. Por que a Holanda? Várias razões. (mais…)

Formação profissional é desenvolvida pelo SENAI

Não é correta a afirmação divulgada na matéria abaixo de que os medalhistas da WorldSkills 2015 são oriundos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Esse programa do governo federal não dispõe de escolas e não forma alunos. Quem faz e sabe fazer a educação profissional dos alunos brasileiros é o SENAI.

Foto: Divulgação CNI
Trecho de matéria publicada por O GLOBO em 18/08/2015
Pronatec

19
ago 2015
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Não é correta a afirmação divulgada na matéria abaixo de que os medalhistas da WorldSkills 2015 são oriundos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Esse programa do governo federal não dispõe de escolas e não forma alunos. Quem faz e sabe fazer a educação profissional dos alunos brasileiros é o SENAI.Foto: Divulgação CNITrecho de matéria publicada por O GLOBO em 18/08/2015

Martinho da Vila no SESI-SP

martinho

No lançamento da Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra 2015, hoje (18/08), tive o prazer de encontrar o cantor, compositor e escritor, Martinho da Vila, que em breve terá um livro publicado pela Sesi-Sp Editora. Agora, caberá aos alunos do SESI-SP homenagear a sua obra e a sua história com poesias que concorrerão no 2º Concurso FLINK Sampa de Literatura.
Participam do concurso os alunos da rede escolar SESI-SP do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA) e a categoria é poesia. O tema é Martinho da Vila, uma lenda viva do samba brasileiro, que discutirá a importância dele para a história do samba.

18
ago 2015
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
No lançamento da Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra 2015, hoje (18/08), tive o prazer de encontrar o cantor, compositor e escritor, Martinho da Vila, que em breve terá um livro publicado pela Sesi-Sp Editora. Agora, caberá aos alunos do SESI-SP homenagear a sua obra e a sua história com poesias que concorrerão no 2º Concurso FLINK Sampa de Literatura.Participam do concurso os alunos da rede escolar SESI-SP do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA) e a categoria é poesia. O tema é Martinho da Vila, uma lenda viva do samba brasileiro, que discutirá a importância dele para a história do samba.

Sobre

Walter Vicioni é diretor regional do SENAI-SP, superintendente do SESI-SP e membro do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.


Saiba mais sobre
Walter Vicioni Gonçalves

Redes Sociais