OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



OBRIGADO.

Seu cadastro foi realizado com sucesso.

    Inscrição no blog

    Cadastre-se para receber noticias e novidades sobre o Professor Walter Vicioni Gonçalves, diretamente em seu email.



Blog do Professor Walter Vicioni Gonçalves

Mensagem – Dia do Professor

Jornada de Heróis 

Herois

Caros docentes do SESI e do SENAI,

Nesta mensagem de comemoração ao Dia dos Professores gostaria de compartir com vocês algumas ideias, a partir de um livro que me caiu às mãos por acaso, e cujo tema prendeu-me a atenção, de imediato. “O Herói de Mil Faces”, de Joseph Campbell.

Campbell ficou conhecido por seus estudos e constatações sobre o universo mítico. Para ele, mitos são as máscaras de Deus, por intermédio das quais os homens, em todos os lugares, têm procurado se relacionar com as maravilhas da existência. Campbell, apoiado em conceitos emprestados da psicologia de Carl Jung, estudou histórias e mitos de vários povos e concluiu que existe um padrão recorrente em todos eles: um herói (ou uma heroína), cuja jornada é percorrida em doze etapas.

A Jornada do Herói, como ele denominou o percurso, não é uma invenção, se não o resultado de uma observação inteligente. Os heróis ou as heroínas podem ter cada um sua fisionomia e seu traço; contudo, o caminho a ser percorrido por todos é análogo: recebem um chamado, partem à procura daquilo que desejam, enfrentam inimigos e situações adversas, alcançam a recompensa almejada e, finalmente, regressam transformados. Como Don Quixote, por exemplo. Leia Mais…

6
out 2015
COMENTÁRIOS 2
COMPARTILHAR
Jornada de Heróis Caros docentes do SESI e do SENAI,Nesta mensagem de comemoração ao Dia dos Professores gostaria de compartir com vocês algumas ideias, a partir de um livro que me caiu às mãos por acaso, e cujo tema prendeu-me a atenção, de imediato. “O Herói de Mil Faces”, de Joseph Campbell.Campbell ficou conhecido por seus estudos e constatações sobre o universo mítico. Para ele, mitos são as máscaras de Deus, por intermédio das quais os homens, em todos os lugares, têm procurado se relacionar com as maravilhas da existência. Campbell, apoiado em conceitos emprestados da psicologia de Carl Jung, estudou histórias e mitos de vários povos e concluiu que existe um padrão recorrente em todos eles: um herói (ou uma heroína), cuja jornada é percorrida em doze etapas.A Jornada do Herói, como ele denominou o percurso, não é uma invenção, se não o resultado de uma observação inteligente. Os heróis ou as heroínas podem ter cada um sua fisionomia e seu traço; contudo, o caminho a ser percorrido por todos é análogo: recebem um chamado, partem à procura daquilo que desejam, enfrentam inimigos e situações adversas, alcançam a recompensa almejada e, finalmente, regressam transformados. Como Don Quixote, por exemplo. (mais…)

Vamos agora punir a eficiência de sistemas de educação?

Neste texto, compartilho o meu repúdio à proposta do governo federal de cortar 30% da receita direcionada ao Sistema S.  Leiam.

artigo Sistema SHá décadas, estamos lutando para melhorar os sistemas de educação básica no país. Aumento de verba, introdução de novas estratégias de ensino até hoje se revelaram ineficazes como soluções para problemas crônicos. Agora, medidas do governo ameaçam diminuir drasticamente os recursos disponíveis para os sistemas de educação – básica, profissional e continuada – direcionados à formação de trabalhadores e seus filhos. Desconsidera-se a história e o longo processo de evolução desses sistemas e os resultados até hoje alcançados.

No início da década de 1940, estava sendo organizado o SENAI, como uma das condições necessárias para a consolidação da indústria paulista. Os empresários, em especial Roberto Simonsen, reconheciam a importância da formação profissional e da educação continuada. Esse reconhecimento revelava uma posição extremamente arrojada, levando-se em consideração as condições em que então se vivia. Leia Mais…

23
set 2015
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 138
COMPARTILHAR
Neste texto, compartilho o meu repúdio à proposta do governo federal de cortar 30% da receita direcionada ao Sistema S.  Leiam.Há décadas, estamos lutando para melhorar os sistemas de educação básica no país. Aumento de verba, introdução de novas estratégias de ensino até hoje se revelaram ineficazes como soluções para problemas crônicos. Agora, medidas do governo ameaçam diminuir drasticamente os recursos disponíveis para os sistemas de educação – básica, profissional e continuada – direcionados à formação de trabalhadores e seus filhos. Desconsidera-se a história e o longo processo de evolução desses sistemas e os resultados até hoje alcançados.No início da década de 1940, estava sendo organizado o SENAI, como uma das condições necessárias para a consolidação da indústria paulista. Os empresários, em especial Roberto Simonsen, reconheciam a importância da formação profissional e da educação continuada. Esse reconhecimento revelava uma posição extremamente arrojada, levando-se em consideração as condições em que então se vivia. (mais…)

Artigo : Por que a Holanda?

Leiam o meu novo artigo inspirado em um país que foi além de seus limites, construído ao longo dos séculos pelo seu povo.

Holanda 2É uma realidade de nossos tempos que as fronteiras entre as nações estão cada vez mais permeáveis e que a mundialização exige profissionais cada vez mais qualificados num contexto internacional, no que diz respeito a tecnologias, habilidades interpessoais e de comunicação, o que demanda profissionais capazes de transitar por diferentes realidades culturais. Pode-se constatar, como consequência, a importância crescente da internacionalização da educação no mundo contemporâneo. Nesse cenário, o SENAI-SP percebeu a necessidade de internacionalizar seus Cursos de Educação Profissional Tecnológica de Graduação, por meio da realização de intercâmbio de estudantes e de colaboradores com instituições de ensino superior de outros países, bem como de atuar em projetos internacionais de pesquisa aplicada e desenvolvimento.

Nesse sentido, no último dia 14/08, o SENAI-SP assinou um Memorando de Intenções com o Ministério da Educação, Cultura e Ciência dos Países Baixos, e ainda, Protocolo de Intenções com a Universidade de Ciências Aplicadas de Haia e com a STC-Group, instituições igualmente holandesas. Por que a Holanda? Várias razões. Leia Mais…

20
ago 2015
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 49
COMPARTILHAR
Leiam o meu novo artigo inspirado em um país que foi além de seus limites, construído ao longo dos séculos pelo seu povo.É uma realidade de nossos tempos que as fronteiras entre as nações estão cada vez mais permeáveis e que a mundialização exige profissionais cada vez mais qualificados num contexto internacional, no que diz respeito a tecnologias, habilidades interpessoais e de comunicação, o que demanda profissionais capazes de transitar por diferentes realidades culturais. Pode-se constatar, como consequência, a importância crescente da internacionalização da educação no mundo contemporâneo. Nesse cenário, o SENAI-SP percebeu a necessidade de internacionalizar seus Cursos de Educação Profissional Tecnológica de Graduação, por meio da realização de intercâmbio de estudantes e de colaboradores com instituições de ensino superior de outros países, bem como de atuar em projetos internacionais de pesquisa aplicada e desenvolvimento.Nesse sentido, no último dia 14/08, o SENAI-SP assinou um Memorando de Intenções com o Ministério da Educação, Cultura e Ciência dos Países Baixos, e ainda, Protocolo de Intenções com a Universidade de Ciências Aplicadas de Haia e com a STC-Group, instituições igualmente holandesas. Por que a Holanda? Várias razões. (mais…)

Formação profissional é desenvolvida pelo SENAI

Não é correta a afirmação divulgada na matéria abaixo de que os medalhistas da WorldSkills 2015 são oriundos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Esse programa do governo federal não dispõe de escolas e não forma alunos. Quem faz e sabe fazer a educação profissional dos alunos brasileiros é o SENAI.

Foto: Divulgação CNI
Trecho de matéria publicada por O GLOBO em 18/08/2015
Pronatec

19
ago 2015
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Não é correta a afirmação divulgada na matéria abaixo de que os medalhistas da WorldSkills 2015 são oriundos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Esse programa do governo federal não dispõe de escolas e não forma alunos. Quem faz e sabe fazer a educação profissional dos alunos brasileiros é o SENAI.Foto: Divulgação CNITrecho de matéria publicada por O GLOBO em 18/08/2015

Martinho da Vila no SESI-SP

martinho

No lançamento da Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra 2015, hoje (18/08), tive o prazer de encontrar o cantor, compositor e escritor, Martinho da Vila, que em breve terá um livro publicado pela Sesi-Sp Editora. Agora, caberá aos alunos do SESI-SP homenagear a sua obra e a sua história com poesias que concorrerão no 2º Concurso FLINK Sampa de Literatura.
Participam do concurso os alunos da rede escolar SESI-SP do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA) e a categoria é poesia. O tema é Martinho da Vila, uma lenda viva do samba brasileiro, que discutirá a importância dele para a história do samba.

18
ago 2015
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
No lançamento da Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra 2015, hoje (18/08), tive o prazer de encontrar o cantor, compositor e escritor, Martinho da Vila, que em breve terá um livro publicado pela Sesi-Sp Editora. Agora, caberá aos alunos do SESI-SP homenagear a sua obra e a sua história com poesias que concorrerão no 2º Concurso FLINK Sampa de Literatura.Participam do concurso os alunos da rede escolar SESI-SP do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA) e a categoria é poesia. O tema é Martinho da Vila, uma lenda viva do samba brasileiro, que discutirá a importância dele para a história do samba.

Alunos do SENAI-SP foram todos medalhistas na Worldskills 2015

DSCN4683-1

A família SENAI-SP está muito feliz. Hoje, 17 de agosto, os nossos 19 competidores – todos medalhistas na Worldskills 2015 – estiveram comigo na sede da Diretoria Regional do SENAI-SP para comemorarmos o resultado da competição. Eles trouxeram seis ouros, quatro pratas, um bronze e mais seis medalhas de excelência. E ainda foi do aluno da Escola SENAI de Bauru a premiação inédita de Melhor do Mundo, dentre os 1,2 mil competidores de mais de 60 países.

Parabéns pela enorme contribuição de vocês na conquista do Brasil como o grande campeão da competição.

17
ago 2015
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
A família SENAI-SP está muito feliz. Hoje, 17 de agosto, os nossos 19 competidores – todos medalhistas na Worldskills 2015 – estiveram comigo na sede da Diretoria Regional do SENAI-SP para comemorarmos o resultado da competição. Eles trouxeram seis ouros, quatro pratas, um bronze e mais seis medalhas de excelência. E ainda foi do aluno da Escola SENAI de Bauru a premiação inédita de Melhor do Mundo, dentre os 1,2 mil competidores de mais de 60 países.Parabéns pela enorme contribuição de vocês na conquista do Brasil como o grande campeão da competição.

Intercâmbio e internacionalização das faculdades do SENAI-SP

Holanda 2

A noite de 14/08 ficará para a história do SENAI-SP. Os entendimentos e diálogo que mantivemos com o Ministério de Educação, Cultura e Ciência da Holanda e entidades educacionais daquele país, ao longo desse ano, se concretizaram em cooperação para o intercâmbio dos nossos alunos e professores e ainda para a troca de conhecimentos nas áreas de Inovação e Tecnologia. Com as parcerias, objetivamos a internacionalização de nossas faculdades.

14
ago 2015
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
A noite de 14/08 ficará para a história do SENAI-SP. Os entendimentos e diálogo que mantivemos com o Ministério de Educação, Cultura e Ciência da Holanda e entidades educacionais daquele país, ao longo desse ano, se concretizaram em cooperação para o intercâmbio dos nossos alunos e professores e ainda para a troca de conhecimentos nas áreas de Inovação e Tecnologia. Com as parcerias, objetivamos a internacionalização de nossas faculdades.

Transferência de tecnologias educacionais

suiço

Como parte da programação de visitas a Worldskills 2015, estive reunido – na tarde da quinta-feira, 13/08, com o suíço Franz Probst, presidente e fundador da SkillSonics, para compartilhar ideias sobre o ensino profissionalizante e estudar possibilidades de cooperação. O SENAI-SP acredita na transferência de tecnologias educacionais para o aperfeiçoamento da formação profissional.

13
ago 2015
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
Como parte da programação de visitas a Worldskills 2015, estive reunido – na tarde da quinta-feira, 13/08, com o suíço Franz Probst, presidente e fundador da SkillSonics, para compartilhar ideias sobre o ensino profissionalizante e estudar possibilidades de cooperação. O SENAI-SP acredita na transferência de tecnologias educacionais para o aperfeiçoamento da formação profissional.

Jingle oficial do Rio 2016 é de autoria dos alunos do SESI-SP

A música oficial da torcida brasileira para os Jogos do Rio 2016 é dos alunos da Escola SESI de Jundiaí. O resultado foi divulgado oficialmente no site www.desafiotransforma.com.br, no dia 12/08 e eles foram os grandes vencedores, por voto popular, do Desafio Escolar Transforma, com a canção “Projeto CE SESI 355″. Agora, vamos cantar com eles ou, melhor, com toda a nação brasileira. Parabéns, artistas!

 
Projeto CE SESI 355

13
ago 2015
CATEGORIA
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
A música oficial da torcida brasileira para os Jogos do Rio 2016 é dos alunos da Escola SESI de Jundiaí. O resultado foi divulgado oficialmente no site www.desafiotransforma.com.br, no dia 12/08 e eles foram os grandes vencedores, por voto popular, do Desafio Escolar Transforma, com a canção “Projeto CE SESI 355″. Agora, vamos cantar com eles ou, melhor, com toda a nação brasileira. Parabéns, artistas! 

Comitiva do Ministério do Trabalho da Coreia do Sul no SENAI da Vila Leopoldina

_DSC7015-1

O diretor do Departamento de Políticas de Capacitação Profissional do Ministério do Trabalho e Emprego da Coreia do Sul, Jong Kil Park, visitou na quarta-feira (12/8), a Escola SENAI Mariano Ferraz, com interesse em firmar parcerias de cooperação e troca de experiências na formação profissional. Pude acompanhá-lo pelos nossos ambientes de ensino e explicar um pouco da engenharia pedagógica do SENAI-SP. Acredito que o SENAI-SP tem na Coreia um exemplo a ser seguido, além de uma forte tradição em estabelecer acordos de cooperação internacional.

12
ago 2015
COMENTÁRIOS 0
COMPARTILHAR
O diretor do Departamento de Políticas de Capacitação Profissional do Ministério do Trabalho e Emprego da Coreia do Sul, Jong Kil Park, visitou na quarta-feira (12/8), a Escola SENAI Mariano Ferraz, com interesse em firmar parcerias de cooperação e troca de experiências na formação profissional. Pude acompanhá-lo pelos nossos ambientes de ensino e explicar um pouco da engenharia pedagógica do SENAI-SP. Acredito que o SENAI-SP tem na Coreia um exemplo a ser seguido, além de uma forte tradição em estabelecer acordos de cooperação internacional.

Sobre

Walter Vicioni é diretor regional do SENAI-SP, superintendente do SESI-SP e diretor da Faculdade SESI-SP de Educação. É membro reeleito do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Foi eleito, em 2018, para ocupar a Cadeira nº 36 da Academia Paulista de Educação.


Saiba mais sobre
Walter Vicioni Gonçalves

Redes Sociais